18 janeiro, 2006

Mochos


Le Hibou - Pablo Picasso

Não me perguntem porquê. Não sei mesmo porque gosto de mochos. E quanto mais pequenos, mais graça lhes acho ...
Não sou de coleccionar, a não ser maus hábitos. Mas durante muitos anos coleccionei mochos. De todos os materiais, formas e feitios: madeira, metal, loiça, barro, cristal, renda de Bruxelas...Quase todos foram oferecidos, trazidos dos sete cantos do mundo!
Também costuma andar por aqui um mochinho de verdade. Descansa nas árvores do jardim e pia muito alto. Costumo ir espreitá-lo...
Há quem diga que dá azar. Outros, que é o símbolo da Sabedoria.
Prefiro a segunda versão e tê-lo por companhia!

6 comentários:

Henrique Santos disse...

Pablito, Matisse, bem, aqui há gente fina a pintar e a desenhar... e, não só, não só... bom gosto e estética na apresentação com textos a condizer... pois claro... é só desenrolar o caracol...
Bjinhos Ricky

Girassol disse...

Ricky. isto é como as cerejas...Umas ideias levam às outras!!! Tem sido um desfiar de recordações e um reaprender de temas que estavam em stand by, como a pintura, escultura, poesia, que gosto tanto. E o cinema...
Bjinhos

paper life disse...

Também prefiro a segunda versão. O meu marido coleccionava mochos e chamava-me "olho de mocho bom".

:)

Bjs

Girassol disse...

Interessante...
E não te falta sabedoria talento!
Bjinho

Girassol disse...

Corrijo:
"sabedoria e talento"

s_hibou disse...

Descobri isto por acaso, ando à procura de desenhos de mochos pois quero fazer uma tatuagem. Tenho mochos de todas as formas e materiais, além da bonecos tenho lápis, pano da loiça, brincos, colares,etc.Mocho n é significado de mau, de nte é o cantar dele q me faz companhia.bjinhos