30 janeiro, 2006

Histórias da tia Alice III


Felicity wishes XXIV - Ema Thomson


Estávamos acampados numa cidadezinha simpática da Bretanha, de nome Chateaulin. Junto ao camping passava um riacho, era muito calmo, embora estivesse bastante cheio. Ao nosso lado estava uma enorme tenda com uma famíla de franceses de aspecto muito duvidoso: dormiam de dia e de noite andavam não sei onde...A tia Alice dizia que eles tinham ar de larápios...Nunca se chegou a saber!
Ao fim do segundo dia, dois ingleses montaram a tenda ao nosso lado, já noite. Não se calavam, fartaram-se de cozinhar e comer. Um cheirinho a fritos entrava pela tenda e aumentava a nossa fome, por não podermos dormir.
Quando tudo ficou quieto, finalmente adormecemos.
Fomos acordados por uns ruídos estranhos que vinham da tenda dos ingleses: os fritos já estavam a fazer das suas e os senhores não tiveram problema nenhum em livrarem-se dos gases acumulados e expelidos com enorme ruído! Pelos vistos deviam até ter algum orgulho em mostrar que estavam vivos e de boa saúde...
Do outro lado, os franceses também não se fizeram rogados, amenizando os seus problemas de flatulência, com ruídos algo parecidos.
Só nós, portugueses envergonhados, não respondíamos à altura! Quase morremos gaseados...
Continuámos incapazes de nos livrar, com à vontade, dos gases acumulados pelas muitas horas sentados em viagem, pela quantidade de pão ingerido sob a forma de sandes à laia de almoço e algumas bebidas gasosas...
Ainda hoje não sei como nessas viagens nunca levantei vôo.
Tal qual a cantiga: - Sobe, sobe, balão sobe, vai dizer àquela estrela...


8 comentários:

paper life disse...

eheheh

somos muito civilizados

ferrus disse...

lolol....Imagino as vontades contidas. Adorei o texto, mas a imagem....lindo desenho :-) Até...

Menina_marota disse...

ahahah.... nem sabes o que o teu texto me recordou! Tive uma cena dssas aqui há anos, no Parque de Campismo da Ponte das 3 entradas... e, eainda por cima, eram ingleses também!!
Adorei a imagem!

Um abraço de boa noite ;)

Bitta disse...

Sempre bem disposta... os finais (e não só)dos teus textos são sempre alegres!!! És mesmo um girassol!!!

Dorme bem...

Henrique Santos disse...

Sobe, sobe, balão sobe... Bela alusão e feita com humor e com uma imagem bem sugestiva e linda.
Bjinhos Ricky

Isabel-F. disse...

oi....

gosto das tuas descrições...dos eus relatos...é bom e agradável ler-te...

e...já agora diz-me...és de África?...donde???

Beijinho

Girassol disse...

Ora então vamos lá:
Vida de papel, a tua paciência para me leres, consola-me!Não nos livramos dos 50 anos de ditadura...continuamos reprimidos!!!

Ferrus, agradeço a visita! Imaginas a nossa raiva...Era Waterloo e nós de permeio!

Menina marota, parece-me que os ingleses não nos gramam mesmo! Deve ter a ver ainda com o tal do mapa rosa...

Bitta, tenho tantas historecas que nem imaginas...É preciso rir...

Ricky, que bom ver-te por aqui! Devíamos ter um furinho no alto da cabeça como as baleias...

Isabel, vivi na Matola. do lado do RCM. Fui para Moçambique com 2 anos,regressei com 22. Saudade é mato...

Bjs para todos

Catarina Pati disse...

vim ver como eram os girassois no inverno e acabei por descobrir um espaço simpatico :):)