27 abril, 2006

O encontro...




Macau


A viagem decorreu bem. Dormi, inchei, o costume...
Mas foi óptimo, até à chegada ao aeroporto de Hong Kong e ter perdido por 5 minutos o Jet-Foil directo do aeroporto...Ou seja, significa levantar as malas, comprar o bilhete de comboio até à cidade, apanhar um táxi até à estação dos ferries e apanhar o primeiro ferry que vá para Macau! Aquilo a que se chama "ir à volta por Hong Kong" igual a "grande chatice!!!! Enfim, como já aprendemos o caminho e até se fala inglês, lá nos safámos!!!
Depois...veio o melhor!!!!
A minha filha, orgulhosa da sua cria de 14 meses, chamou-nos a atenção para a vermos andar...
Parecia um passarinho, de bracinhos no ar para se equilibrar, correndo de um lado para ooutro, sempre atrás da mãe, com a "vergonha", típica dos petizes perante a presença de desconhecidos!!!! Mas ria-se para nós com um sorriso maroto, franzindo o nariz, curiosa! Um docinho....Inexplicável sensação!
E aqui estou, um dia depois, agradecida por tudo isto...
Por estes momentos de ternura que significam tanto para os corações saudosos dos "avós à distância"!
Já fizémos montes de coisas juntas, tal como imaginei...
Já a levei à praia, coisa difícil, porque detesta areia (preta) e mar....
Consegui que andasse na areia, embora refilando...
Consegui que molhasse os pés na água do mar (barrenta), embora choramingando...
Consegui que comigo ficasse sentada na areia e que com umas pedrinhas e conchas na sua mão gordinha, verdadeiramente encantada, decorasse uma casinha (?) de areia que lhe fiz...
Consegui sorrisos e sons inintelígiveis...
Amanhã conseguirei mais....
Vou comprar as "ferramentas" necessárias para fazermos castelos na areia e bolos de diversos feitios...
Tenho um desafio pela frente:
Quero conseguir quando me for, que a minha pequenina neta fique a gostar da praia, do mar da China, mesmo barrento e quiçá um pouco poluído!!!!

Beijinhos

(fotos da net)

15 comentários:

Licínia Quitério disse...

Desejo que aproveites o melhor possível esse tempo de estar com quem te é tão querido. Os nossos amores nunca estão longe, não é? O coração é uma casa tão grande...
Muitos beijinhos para ti e para a tua Família.
Licínia

Girassol disse...

Licínia, podes crer! Aliás, tenho um maldito hábito:
Aproveitar o momento como se fosse o último!!!!
Obrigada pelas tuas palavras...
Vou dormir...já é tarde ( + 8 horas)
Bjinhos

Rui Martins disse...

é a melhor das idades... nunca mais serão tão cativantes e nunca mais o seu sorriso será tão precioso e desejado...

é aproveitar!

mixtu disse...

ehehehehhe
"ganda" viagem, beijinhos e cumprimentos para todos os pescadores da China
yayayaya

aprendiz de viajante disse...

Que engraçado, est~´as ainda mais longe do que o habitual, mas virtualmente, sempre perto.

Desculpa esta minha ausência, mas estives uns dias que levava séculos a abrir as páginas e a única coisa que fiz, com muito custo, foi publicar.

Espero que os teus desejos se realizem por ai e que corra tudo pelo melhor... do outro lado do mundo estou eu a torcer por ti!

P.S - O teu texto anterior está divianal também, como sempre!!!

Bazuca disse...

Girassol, que bom! já aí estás! agora és um Girassol chinês...és uma valente! as tuas crónicas fariam inveja ao Fernão Mendes Pinto...alegra-me a tua felicidade face á tua familia, grande e pequenina, sua babadona!! sabes o que me faz lembrar essa paixão de avós/netas? o tempo da brincadeira com as bonecas...estou errada??
bjinhos para todos

Jardineira aprendiz disse...

Vinha dizer o mesmo que a Wicca! Tão longe e tão perto! É engraçado pensar que moramos perto uma da outra, mas neste mundo virtual continuamos tão perto como sempre! Boas férias e beijinhos também para a neta!

PiresF disse...

Como não podia deixar de ser, temos uma Avó Girassol babada.
Aproveita amiga e continua com estes relatos em forma de diário, que compreenderás, são interessantes para quem nunca se aproximou dessa terra.
Um abraço extensivo a toda a família.
Para a pequerrucha, um beijinho.

boleia disse...

Boa sorte nesse desafio! Mesmo que não fique a gostar da praia vai ter uma bonita memória para mais tarde recordar!
acima de tudo, além da areia barrente e preta, sente na pele o amor e o carinho, certo? ;)
boa estadia

clotilde disse...

Aproveita!!!

Depois quero estórias, aventuras e descrições!

Boas férias.

Beijinhos

Isabel-F. disse...

Oi Amiga...

que bom que a viagem correu dentro do melhor.
Espero que te divirtas e que aproveites ao máximo estas férias...com a tua filha e netinha...

beijokas amigas

aprendiz de viajante disse...

Amiga girassol

É com alguma tristeza que te venho desejar um bom fds...

Como o meu blog não recebe anónimos eles agora foram parar a outros blogs... se passares no desambientado irás entender!
Eu acho que não mereço... o meu blog é um local de paz, de tranquilidade... onde exponho as palavras que gosto, as minhas fotos... não chateio ninguém! Porquê?! Haverá coisas sobre mim que eu desconheço, não sei...

Desculpa o desabafo!!! Tinha de descarregar em algum lado.

Um bjo e fica bem.

Girassol disse...

Na impossibilidade de responder a todos os comentários por falta de tempo...envio um grande abraço a todos os que por aqui passaram e me deixaram tantos mimos!!!!
Beijinhos

alfazema disse...

O mar ainda que barrento é sedutor. Envolve-nos, atrai-nos e é fácil criar empatia com ele. Porém ,todos os cuidados são poucos.
Quanto à neta, não tenho ainda, mas deve ser a sensção redobrada de ser mãe porque vem num tempo em que temos inteira disponibilidade para essas "coisinhas " lindas que são a continuidade do nosso ser e condimentam a nossa vida.
Beijos

sa.ra disse...

Que ternura! que bom tudo isso que contas! que bela viagem e que encontro tão feliz!
feliz por ti!!! fico feliz por ti!
quando for avó, quero ser assim!

beijinhos!