10 abril, 2006

Nasceram duas princesas...


Anne Geddes


Nem sombra nem luz
nem sopro de estrela
nem corpinhos nus
de anjos à janela
nem asas de pombos
nem algas no fundo
nem olhos redondos
espantados do mundo
nem vozes na ilha
nem chuva lá fora
dorme minha filha
que eu não vou embora

Canção para a minha filha Isabel adormecer quando tiver medo do escuro
Letra: Lobo Antunes
Música: Vitorino

Homenagem ao recente avô Ricky ( Henrique Santos), admin. do blog De costas para o rio a quem nasceram duas princesinhas-gémeas, Filipa e Sofia!

Muitos Parabéns! Que cresçam felizes e sadias, de coração generoso, contribuindo para fazer deste mundo um mundo melhor!

Beijinhos

(Fotos tiradas da net)

15 comentários:

aprendiz de viajante disse...

Se eu ainda chegar a ter uma menina venho aqui "roubar" a letra desta música para a adormecer...

Que fofinho!
Parabéns ao avô!

AmigaTeatro disse...

:))

Parabéns!!

Um outro olhar disse...

bonita letra para adormecer

parabéns ao avô

:)

Girassol disse...

Wicca, não há duas sem três! Eu também gostava de ter tido um menino... Pode ser qyue ainda venha a ter um netinho!

Amigateatro, agradeço a visita! Volta sempre!

Um outro olhar, para mim é que já vai sendo hora de dormir...

Bjinhos

Rui Martins disse...

duas? hehehe. lá se vão as noites durante os próximos 2/3 anos...

felizmente compensa... muito!

PiresF disse...

Dose dupla, de trabalho mas também de alegria.
Parabéns aos felizardos.
Boa lembrança.

paper life disse...

Esse Lobo Antunes é o Pedro, não é?

:) Beijinnhos.

HatA/mãe disse...

Minha querida girassol,
pois eu às vezes tenho o habito de por comentarios em varios posts, principalmente ao principio, gostava de ver tudo muito bem, com muita calma.
Mesmo assim as vezes já conhecendo o blog, quando são antigos clico num mes qualquer, para poder disfrutar melhor de todo o conteudo.
A minha filha dizia-me que os comentarios geralmente vão directamente para o mail, às vezes ainda faço isso.
Parabens às bebes, que são a maior riqueza do mundo, e felicidades para toda a familia.
E tu minha querida como vais?
Deus queira que fresca e cicosa como um girassol.
Muitos beijos

greentea disse...

lindo poema, para as bebés.
nunca cantei canções de embalar mas o meu cão deitava-se à porta do quarto e ficava a tomar conta, por isso naquela cabecinha nunca houve a fase de terrores nocturnos. Quando ela nasceu, vieram as costumadas visitas . Uma delas, uma certa avó ciumenta pois tinha um neto da mesma idade, destapou a menina que dormia e comparava os bracinhos, vasculhava a roupinha que trazia vestida - o cão deitou-se debaixo do berço e rosnava baixinho. Se calhar ele não gosta que mexa na menina? -perguntava ela. O meu silêncio foi um assentimento. Ela suspendeu a inspecção.

Isabel-F. disse...

O Ricky...vai ficar todo babado...por esta merecida homenagem...

já lhe dei os parabéns de diversos modos...mas repito-os saqui também.


Beijinhos

sa.ra disse...

Felicidades!
saúde, vida e alegria às princesinhas!

que bonita canção!

beijos!
dia feliz

Girassol disse...

Rui, deve ser engraçado ter gémeos...e trabalhoso!

Pires, a sensação é ...dupla!!!!

pois.claro, este poema-canção é do António Lobo Antunes.

Noitestrelada, fico muito contente por teres decidido continuar...Os comentários vão ter ao mail quando escolhemos também essa opção. Mas eu como sou despistada, esqueço-me de ver o mail e por isso não valia a pena ....Com este sol tão quentinho...estou óptima!

Greentea, há cada uma...que história! Os cães têm faro e habilidade para lidar com essas coisas...

Isabel, o Ricky deve andar nas nuvens...ainda nem poisou aqui...!

sa.ra, espero bem que o avô leia tantos desejos bons para as princesinhas!!! Para ti também!

Beijinhos para todos

paper life disse...

Nunca oimaginei a escrever assim, curioso.

Obrigada.

Bjinhos e boa noite.

:)

greentea disse...

a pescaria ao menos foi boa , no domingo passado, santo domingo?
estou de abalada e vim dar-te um beijinho.
Para a semana, cá estamos, de novo , na lenga-lenga.!

Henrique Santos disse...

Maldita doença que me impediu de vêr este magnífico post, e sobretudo agradecer tão maravilhosa solidariedade. Dizer obrigado, é muito pouco, mas teimosamente digo do coração: OBRIGADO
Bjinhos Ricky