28 abril, 2006

A Ilha de Coloane

Chove chuva....Chove sem parar.... Dizia a canção e digo eu!

Em Coloane, a maior ilha da península de Macau, onde estou instalada, toda coberta de vegetação e ainda pouco urbanizada, o ambiente é de chuva tropical, ou seja, chuva no verão, melhor , primavera...
Sabe bem, olhar pela janela e ver a chuva a cair, fazendo calor. Faz-me lembrar África!
O avô e a neta dormem, ele com o jet-lag e ela porque é ainda bébé!
E aproveito este bocadinho “livre” para escrever.
Ontem à noite fui jantar ao Fernando, um restaurante a 100 metros aqui de casa, mesmo junto à praia. A minha filha perguntou: - Mãe, queres comer em casa ou Ameijoas à Bulhão Pato?
Se isto é pergunta que se faça...e lá fomos petiscar ao Fernando!
Mesa? Difícil, só arranjámos uma mesa junto à porta de saída, parecia que estávamos na esplanada! Comida portuguesa a ser apreciada por chineses, na sua maioria. É interessante ver como os restaurantes portugueses são frequentados cada vez mais por chineses, apreciando a nossa gastronomia. E o menu não foi nada mau: as ameijoas, entrecosto grelhado e chocos grelhados sem tinta. E conversa, muita conversa com amigos de longa data, colegas de Moçambique.
Coloane é a ilha mais afastada de Macau; tem percursos de manutenção, para caminhar e descobrir a natureza, locais para piqueniques, um lindo hotel de 5 estrelas, o Westin, uma barragem, duas praias, Cheoc Van e Hac-Sa, a Capela de S.Francisco Xavier, a Central Eléctrica de Macau (CEM), a Pousada de Coloane, o Templo da deusa A-Ma.

Capela de São Francisco Xavier

Praia de Cheoc Van
Pousada de Coloane

Central Eléctrica de Macau
Templo da deusa A-Ma

O meu poiso é nesta última praia, Hac-Sa, que significa “ areia preta”.

Praia de Hac-Sa

Sítio calmo, não fossem as dezenas de excursões que vêm diariamente da China profunda, com centenas de turistas que ficam excitadídissimos com o mar, mesmo da cor deste...

Molham os pés, tiram montes de fotografias!!!! Aliás é uma mania, esta de fotografar...Todos de máquina na mão, fazendo pose e sorrisos escancarados !

Trilho de Coloane

"Foi o primeiro trilho florestal aberto nas Ilhas, tendo sido construído em 1984/85. Com uma extensão de 8100 metros, este trilho contorna uma zona reflorestada de 78 hectares acima da cota dos 100 metros no maciço Central da ilha de Coloane. O seu início e fim situa-se na Estrada do Alto de Coloane.
O trilho é apoiado por três Parques de Merendas e junto à sua entrada está o Arboreto de Coloane, onde foram plantadas mais de 100 espécies arbóreas diferentes, agrupadas em mais de 40 famílias. Os três parques são: Parque de Merendas do Alto de Coloane, situado numa plataforma entre a estátua da Deusa "A-Má" e a pedra solitária, Parque de Merendas do Trilho de Coloane, situado sensivelmente a meio da Estrada do Alto de Coloane e Parque de Merendas de Cheoc Van, situado na berma da Estrada de Cheoc Van.
O percurso do Trilho de Coloane tem uma duração de sensivelmente 150 minutos"

Circuito de Manutenção de Coloane

"O Circuito de Manutenção de Coloane, com 1225 metros de extensão, localiza-se no maciço médio da parte Leste de Coloane, sendo o seu acesso feito pela Estrada do Alto de Coloane. é constituído por 9 estações para exercícios físicos, as quais dispõem de equipamentos simples. Poderá ao mesmo tempo desfrutar de vistas panorâmicas sobre a Vila de Coloane, apreciar o desenvolvimento da nova zona industrial da Concórdia e, para além da ilha da Montanha, na China, o movimento marítimo no canal de Coloane.
Este circuito cruza-se com o Trilho de Coloane em dois pontos, podendo, quem assim o queira, por ele continuar o seu passeio observando as matas de Coloane.
Duração do percurso 25 minutos"

No alto da colina, a Deusa A-Ma, de costas voltadas para mim...De mármore branco, imponente, agora envolta em bruma. As casuarinas balançam suavemente, numa dança característica, que me ameniza as saudades da terra onde cresci. Árvores dos trópicos estendem-se até perder de vista...Bananeiras, mangueiras, abacateiros....
É o reencontro com as minhas raízes, as árvores da minha vida.
(Fotos tiradas da net)

21 comentários:

HatA/mãe disse...

Lindo querida e fiel amiga.
Tenho o a honra de ser a primeira deste belo post.
hj sou eu que não estou muito conversadora, calha a todos não é?
Bom fim de semana.
Beijinhos

Girassol disse...

Então, minha querida Noite, estou aqui para te mimar...Todos dormem aqui em casa, é 1 da manhã! Não podes ficar assim...Lembras-te do que te disse? A sensação que tenho quando estou com a minha pequenina é duma comunhão grande e foi quase sempre assim...Quem sabe?
Vou dormir, amanhã tenho compras a fazer...
Xi-coração e beijito!

sa.ra disse...

Olá Girassol!

ai que não te consigo acompanhar!

vim só dar-te um beijo e desatjar-te tudo de bom, por ai!!!!
para ti e para as tuas árvores!

beijinhos!
(depois apanho a tua boleia, para fazer a viagem também)

Licínia Quitério disse...

Dorme bem nesse lugar tão distante de nós. Muito bom receber a tua reportagem. Os teus comentários são sempre muito motivadores para mim. Já tenho um livro publicado. Talvez um dia apareça outro. Por agora vou "blogando".
Até amanhã.
Beijos.
Licínia

Teresa David disse...

Minha cara, para aí para o pé de si é que eu voava, se as forças me chegassem! Porque de avião o dinheiro não chegaria na certa! Como prémio de consolação vou-me deliciando a ver as suas fotos e ler as suas palavras bem descritivas.
Um abraço voador
Teresa David

aprendiz de viajante disse...

Até os meus filhotes adoraram as tuas fotos!

Fica bem. Um bjo

amigona disse...

Liiiiiindo... de morrer! Sabes que até tenho um bocadinho de inveja?... não ligues, fica bem e diverte-te! beijo...

Luisa disse...

Bela descrição escrita e fotográfica dumas férias que devem ter sido inesquecíveis. Férias, calculo eu, porque como não te conheço, não sei se está aí em serviço.

alfazema disse...

Olá amiga!
Adorei a descrição que fazes da ilha. Linda! para quem tem pavor de andar de avião como eu , esta é uma das formas de viajar para pontos bem distantes do nosso continente. Esse mar, enquadrado por uma vegetação luxuriante como a que nos mostras, faz dessas paisagens um verdadeiro paraíso.Onde estiveste em Moçambique? Eu não estive lá mas tenho familiares e amigos que lá estiveram. Muitos.
Um beijo e continua essas reportagens.

paper life disse...

Porque será que a palavra África para mim é aroma cor sentir intenso e Ásia. só distância e diferença?

MAs desse tipo de chuva que lembra África tenho saudade quase sempre.

Bjinhos

:)

PiresF disse...

Hummm… está-me cá a parecer que foste contratada por uma agência de viagens para divulgar essa linda ilha, só te esqueceste de nos dizer que árvores são aquelas na tua Hac-Sa, desconfio, mas o melhor é não dizer nada porque a parvoíce podia vir a revelar-se enorme.

Este teu post, levou-me também de férias devido à excelente descrição que fazes.

Bem… por aqui andarei. Nas tuas férias.

Grande abraço.

canela_e_jasmim disse...

Magnífica viagem a tua e com que doces incentivos.Aproveita bem cada instante, minha querida!

Girassol disse...

Não tenho hipótese de responder a cada comentário e tenho pena, porque me dá prazer fazê-lo!
Percebem que isto de ser avó-bábá é a tempo inteiro!!!!!
Daqui a pouco vou sair...e finalmente tirar fotos, que também não tive tempo de tirar...Por isso tenho ilustrado os relatos com fotod tiradas da net!!!! Não é esse o meu propósito...
Obrigada por me virem visitar e beijokas para TODOS!

Lmatta disse...

Olá
gostei de "ir A Ilha de Coloane" comtido vou a muitos lados.
Mas quanso falalas em Africa tenho Saudades
beijocas

Mocho Falante disse...

Adorei ter feito esta viagem e tu como guai..obrigado. Que saudades tenho eu da praia. Por cá parece que finalmente o sol perdeu a timidez e começa a dar-nos o calor, falta pouco para as sestas na praia ao fim de tarde

beijocas

Anónimo disse...

Que surpresa...!!já tinha pensado muitas vezes, como terá sido o encontro?
Beijinhos para todos,e aproveitem tão bem esses momentos!!!
Elsa

parvo mesmo disse...

Tropecei neste blog vindo de outro. Voltarei com mais calma. Gosto de viagens e isto parece um Diário de bordo com ilustraões.

:)

Fátima Silva disse...

Fiquei maravilhada com as paisagens, pois de Macau conheço pouco. Um imenso paraíso! Adorei as descrições e fiquei com vontade de, um dia, banhar-me nessas águas e de deleitar-me com todas essas ofertas maravilhosas que por aí existem. Continuação de uma óptima estadia!

Um outro olhar disse...

muito bonito, e bonitas fotos, estou a gostar de conhecer um pouco mais ...do outro lado do nossa terra...oriente

Anónimo disse...

Os trilhos de Coloane conheço-os todos, principalmente o mais extenso . Todos os Domingos e feriados corria nesse trilho contornando quase toda a ilha,usufruíndo das belas paisagens.
Um reparo. Coloane é a maior ilha da península de Macau. Não a mais pequena, como por lapso, penso ter sido escrito.

Girassol disse...

Só ontem, ao fazer uma passagem pelos posts de Macau, reparei no seu comentário e agradeço-lhe a correcção quanto ao tamanho da ilha de Coloane. Eu já me tinha apercebido, mas depois com tanta tarefa de bábá...esqueci-me de corrigir!
Mais uma vez obrigada!
Um abraço