24 julho, 2006

A Ria de Aveiro



A Ria


A ria, uma aguarela
Com lindas margens de montes brancos
Por mãos de artista já foi posta em tela.

Sobre as águas tranquilas
Desliza o moliceiro
Que traz pintados a peixeira, a moça e o barqueiro.

Quem das origens traz
O lindo reflexo azul
Faz a festa a S. Brás
Para que a morte da Ria
Seja coisa inventada e mal contada.


Ana Teresa

Este poema oferecido pela Girassol num comentário, teria de ser partilhado....
Obrigada, irmã-flor!!!
As imagens dos moliceiros, com desenhos maliciosos, são uma nota picante para este verão quente e luminoso.
A malícia faz parte da natureza das gentes do mar e do campo. Com certa graça, os seus dizeres e desenhos naives fazem-nos sorrir....
(imagens da net)

22 comentários:

Bazuca disse...

Sunflower, acho tão linda a Ria de Aveiro que já pensei sériamente em trazê-la para a FFoz...adoro águas calmas e lentas, lugares de sonho e de prazer. Bons sonhos, minha Amiga.:)

Era uma vez um Girassol disse...

Olá Bazuca!
E já a viste raivosa, zangada?
Ufffffff.....
Deve ser porque o mar não lhe liga....!
Bjinho

sonhos sonhados disse...

Girassol

...gostei do teu espaço!

a Ria
que em imagens frescas apresentas
é bela
e
serena em seu passar.

jinhux létinha.

alfazema disse...

Como é linda a tua ria! A minha não tem moliceiros, tem "chatas", "doros", "bateiras" usados pels pescadores que da pesca e da apanha do marisco fazem a sua vida. Gostei do poema e da "malícia" das frases e imagens. Lá no meu campo, os carros de mula também são decorados assim. Mentes sãs em corpo são.
beijos

Rui Martins disse...

hehehe já conhecia algumas dessas fotografias que andam pela net há uns anos... Infelizmente nunca estive presencialmente em Aveiro...

MD disse...

Tenho fotografias de muitos moliceiros. Quer dizer, o meu namorado tem.
Qualquer dia crio um blog e já posso publicar algumas fotos. (Ai a falta de tempo!)

Lmatta disse...

Gostei
esta lindo o teu post
beijos

Mocho Falante disse...

oláááááá

e a minha familia paterna que é de Aveiro e eu que conheço tão mal a cidade...uma vergonha não é?

Tenho de resolver esta situação rapidamente. Ainda por cima colocas aqui fotos bem tentadoras...

Sai uns ovos moles ou preferes umas raivas?

Beijocas

Rute disse...

Ai os ovos moles!.... Uhmmm que bom!!!

A Ria é bonita, claro!Mas lembrei-me logo das barricas dos ovos moles!

Jardineira aprendiz disse...

Olá Girassol! Que saudades de passear por aqui com calma! Aqui blog e aqui ria!
Beijinho

Teresa Durães disse...

Olá boa noite,

sabia que as barcas de aveiro são iguais ou quase às dos fenícios?


(agora estou no Voando por aí, regressei à base.)

Boa noite

Girassol disse...

Sonhos sonhados, agradeço a visita e volta!

Alfazema, como fazias falta aqui, com toda a tua experiência de vida!

Rui Martins, vale a pena a visita e saborear os doces ovos...

Md, força..Quando sai esse blog????

Lena, vou lá ver as tuas fotos, ahdo sem tempo para passear nos blogues com tanta pesca...

Mocho, é umavergonha mesmo!!!
Raivas ou ovos moles? escolha difícil...Não há duas sem três...E as broinhas de ovos? Uma delícia!

Rute e Jardineira, já me estão a fazer cá uma fome!!!!

Teresa, ainda bem!

Beijinhos para todos

alfazema disse...

passei para te deixar um beijo e desejar boas pescarias.a minha ria tem estado linda!

Dafne disse...

Olá Sunflower
Gosto tanto de Aveiro, pena ser tão longe...
Tua, Dafne

Teresa Durães disse...

As tuas palavras foram as primeiras que li :) (acordei agora...) E tanto as agradeço.

Agora vou ter de sair. Mais tarde contar-te-ei o que sei sobre as raízes de aveiro e os fenícios.

Obrigada por tudo. Sério. É estranho ser compreendida por que não me conhece pessoalmente e ter conflitos com quem lido diariamente.

Um beijo para ti e mais uma vez agradeço-te imenso as palavras.

Isabel-F. disse...

belissimo poema...

gostei imenso.

bjs

PiresF disse...

Estes desenhos e principalmente as frases, são uma delícia e um autentico achado.
É daquelas coisas que pensamos não lembrar a ninguém, mas o folclore é isto e surpreende-nos.

Um abraço.

Girassol disse...

E como sabe bem dar um passeio ao fim da tarde num destes moliceiros.. =)
São estas "artes populares" que nos mantêm ligados às nossas raízes e aquilo que somos.. só é pena que as gerações mais novas se interessem cada vez menos pelo passado!
E ainda hoje, ao ir para Aveiro me lembrei de algo que me traz saudades... as salinas!
Lembro-me de ser criança e ver toda aquela zona da Ria cheia de montinhos brancos (como se as nuvens tivessem caído do céu).. e de repente, desapareceram!

sa.ra disse...

olá GirasSOL!

vim só deixar um beijo!

dia muito feliz!

até breve!

segurademim disse...

... estes belos locais são sempre uma tentação para os artistas, que os procuram captar na sua essência e beleza

:)

hfm disse...

Belíssima partilha!

Vanda Baltazar disse...

Bom dia meu girassol de água! :)

Que bem me soube encontrar aqui estas imagens! :)

Adoro a ria de Aveiro!

Com que então uns rissoizinhos ao entardecer??? HUUUMMMM belo programa :)


E agora vou ler-te :))

Van