26 julho, 2006

Nem sempre…



Ria encrespada…
Frio e revolto Mar,
Noite sem luar.

Nem sempre a Ria está azul, bela, serena.
Nem sempre o Mar está quieto, imenso, acolhedor.
Nem sempre estão vestidos apenas de luar…

17 comentários:

Bazuca disse...

...mas que linda fotografia e que belo poema! Parabéns!
e bons sonhos :)

HatA/mãe disse...

Um beijo,

Frio e revolto como o mar...

Mas logo, mais logo, azul...sereno, vestido de luar!


Para ti minha querida muitos beijos de luas.

Lmatta disse...

Gosto
Linda foto parabéns
lindo o poema
beijos

Isabel-F. disse...

...gosto de ver uma tempestade no mar... é bonito...

bfds
bjs

Luisa disse...

Sim, há tempestades que surgem de repente mas sabemos que a seuir vem a bonança e que o luar voltará

pitanga disse...

Nem sempre estamos felizes e o mar também.
beijos da Pitanga

pitanga disse...

Querida amiga faço questão que seja o seu girassol a iluminar minha árvore num post só de amor...e o maior de todos.
beijos Pitanga

Mocho Falante disse...

mais um lindo poema...adorei

beijocas

greentea disse...

tem estado dificil para comments e abrir blogs mas no meu sitio podes recordar os mares do Oriente...

beijinhos

mixtu disse...

nem sempre... nem têm que estar... são livres de ser e de estar conforme o desejarem... como nós...

molts petons - muitos beijos en catalão, yaya

o alquimista disse...

Tal como as pessoas, nem sempre, porque sempre é tanto tempo...

Um beijo cara Amiga

Ghiza Rocha disse...

que blog lindo! lindas imagens e poemas, te achei pelo Fases da Lua! Acho que vc vai gostar do meu, aparece por lá!
Eu, voltarei com certeza!!!

hfm disse...

Belo!

Teresa Durães disse...

a correr, a correr, para dizer olá!

coloquei o primeiro capítulo mas a net escasseia e não sei quando irá ser o próximo. beijos!

dulce disse...

Estas fotos até me deixam invejosa de não morar em Aveiro. E eu aqui tb tenho rio ...
Beijos e aproveita esse contacto com a água q é tão benéfico.

Licínia Quitério disse...

Olá, Amiga. Vim espreitar. Tenho saudades. Volto muito brevemente.
Beijos.
Licínia

luna disse...

nem sempre... porque o universo também procura o seu equilíbrio para se sentir em harmonia!

Adorei o espaço "Girassol"!

Abraços Lunares