21 julho, 2006

De rosa e azul



De rosa e azul,
Para dançar na noite,
A Ria se veste…


Senti-me um pouco culpada...
Ainda não tinha falado de Aveiro, da sua Ria, da sua beleza.
Afinal, esta terra acolheu-me, deu-me trabalho, suporta as minhas "pancas"...
Que ingrata!

26 comentários:

Teresa Durães disse...

Eu vivo no Montijo há três anose também nunca falei....ops...

Girassol disse...

Olá!
Ainda estamos a tempo, não é?
Vou pensar nisto...!
Beijinho e BFDS!

LUA DE LOBOS disse...

ambas em zona de mosquitos::)) bjokas
maria

Girassol disse...

Olá Maria!
Lá isso é verdade e são bem incomodativos...
Bjinho

Isa Calixto disse...

Ingrata eu seria, senão viesse hoje deixar aqui um beijinho de

BOM FIM DE SEMANA!!!!!!!!

(com ou sem mosquitos :)!)

Teresa Durães disse...

Há sempre um método de combater os mosquitos: colocar um mosquiteiro nas janelas!!!!!!!

boa noite!!!!!!!!!!!!!!

Era uma vez um Girassol disse...

Isa
Ave
Existe a "hora do mosquito", ao lusco-fusco...Antes e depois, já não maçam ninguém!
Bom fim de semana!
Se o tempo continuar asim, lá irei a mais uma pescaria...
Bjinhos

pitanga disse...

Também acho a Ria de Aveiro um cenário digno de um quadro. Hoje na pitangueira veio o mar nos abraçar. Vá.Seu girassol ilumina minha árvore.
beijos Pitanga

Girassol disse...

A Ria

A ria, uma aguarela
Com lindas margens de montes brancos
Por mãos de artista já foi posta em tela.

Sobre as águas tranquilas
Desliza o moliceiro
Que traz pintados a peixeira, a moça e o barqueiro.

Quem das origens traz
O lindo reflexo azul
Faz a festa a S. Brás
Para que a morte da Ria
Seja coisa inventada e mal contada.


Ana Teresa

Daniela Mann disse...

Aveiro é uma bonita cidade.
Beijinhos

adesenhar disse...

vale mais tarde que nunca.
:)
Salpica esse ecra com fotos de Aveiro
rosa e azul mas sem mosquitos!

:)

Anónimo disse...

Olá Girassol.
Obrigado pelas gentis palavras sobre a música e as fotos do "mais vale de tarde que nunca". Infelizmente não tenho muito tempo para colocar mais. Do Enrique Chia, não resisti e comprei todos os 39 cds que ele editou. Tive que mandar vir dos USA. Se quizeres músicas dele, terei todo o gosto em fazer uma colectânea para te enviar. É só dares o endereço. Também do Andre Rieu que por cá é pouco conhecido, mas tem música excelente.
Abraço
Blau (Mais vale de tarde... que nunca)

olhar disse...

E a Ria como está agora? menos poluída? Que lá bonita sei eu bem que é.

Beijo e bom domingo.

:)

olhar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
alfazema disse...

Também tenho uma ria. A Ria Formosa. Aqui bem ao Sul, estende-se desde a Quinta do Lago até Cacela Velha. É linda! Quantas vezes, na ilha de Faro, a atravessei a nadar, bem pequenina, para ir apanhar berbigões, lingueirões e ameijoas, na outra margem, junto ao aeroporto de Faro. quantas vezes fui à pesca, num barquinho pequenino, vermelho, o Bela, com motor, na barrinha , onde a Ria encontra o Atlântico. Como eram saborosos os robalos, as safatas, as douradas pescados por mim. Só não os tirava do anzol.
Recordações, vida,gostos...outros tempos.
Agora, de vez em quando, na maré baxa apanho conquilhas. São deliciosas! Só as há no mar. A Ria não as tem.
Beijinhos

bettips disse...

Não falou dela ... mas nós (do Norte) sentimo-la e conhecêmo-la desde sempre. Agora, pelos seus olhos mágicos.

Luisa disse...

Tudo o que é ria é lindo! Conheço Aveiro e a sua ria. Mas manda mais fotografias que nós gostamos sempre.

della-porther disse...

Desculpe a demora mas deixei um presente pra vc no Cidade, está no post anterior ao atual.
O trabalho excessivo me afasta das visitas que gosto tanto de fazer. Aqui em especial.
Embora atrasado vale a intenção.
Beijos

segurademim disse...

... Aveiro é uma linda Cidade, a Ria dá-lhe um encanto especial! mas falá-nos também dos deliciosos ovos moles...

ideia de gulosa, claro

;)

greentea disse...

há que tempos que não vou a Aveiro nem à Ria ...

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Que fotografia linda e que merecida Homenagem a Aveiro.
Um beijo

luis manuel disse...

São as cores da dança nocturna, de uma ria que favorece essa cidade, dando-lhe o nome da Veneza Portuguesa ( não é que eu ache muito engraçado, mas pronto...!)
Depois dos sonhos "passados a papel" tão importante que é juntarmo-nos áqueles que não sabem, ou não sonham ainda, voar. Levá-los mais longe.
Coisas de gatas e gatos.... o corpo que se enrola, e mostra que sente o passar da mão. Boas meiguices.
Com a alma de poeta, podemos deliciar-nos com tanto que os "tribais" escrevem.
Vamos deixando a vida quase "passar" por nós. Ás vezes, basta esse gesto dos amigos para fazer uma noite diferente.
Outra cor da ria. Azul bonito, e cheio de luz. A pescaria deu .... jaquinzinhos com fartura. Divertido o pescador atarefado a recolhê-los. É assim, os peixitos ainda não conheciam quem lhes estava a lançar o isco !!!
Uma boa semana !

E para acrescentar, o endereço de um "sítio" que aprecio muito, pela NATUREZA das palavras e das fotografias apresentadas : http://dias-com-arvores.blogspot.com/ é ver a publicação de 20.07.2006. Quem diria, hem ?!

Um abraço

pitanga disse...

Olá, Girassol. Voltei à Ria porque sempre é bom voltar a casa de amigos e hoje mais ainda pois estou lenta como o meu pc. Precisava mergulhar nessa tua foto. Posso? beijos molengas da pitanga

madalena pestana disse...

Tarde mas cheguei. Não que tu precises companhia, já tens a casa cheia, eram saudades mesmo.

:)

Bjs

Tb gosto e já naveguei a tua ria

Girassol disse...

A todos os que por aqui passaram e me fizeram companhia, deixando as suas impressões e palavras ternurentas...

Beijinhos salgados e doces!!!!

Dos ovos moles falarei um dia destes...Está prometido!

dulce disse...

E é lindíssima a tua Ria de Aveiro.
Beijos