09 julho, 2006

Mais Além

Assim se intitula o livro de poemas de Emília Daniel Leitão, na sua primeira experiência literária.

Gosto do título sobremaneira: encerra uma vontade firme de percorrer caminhos novos, alargar horizontes, ser uma mais-valia no mundo literário, tão difícil de penetrar e encontrar êxito.

Ela não é mulher que se intimide: terrivelmente assertiva, com uma poesia onde as palavras estão inundadas de energia positiva, do querer ser feliz em harmonia com a natureza, pessoas e afectos.
Deixo aqui um dos seus poemas, que espelha o propósito firme de ultrapassar obstáculos, desgostos e começar de novo, a nível mais alto, ir mais além.


L'Oiseaux Bleu et Gris - George Braque


A cada manhã consentida
Se renova a vida
A florescer em apoteose.
As noites antecedem os dias,
O Sol à chuva sucede,
Num círculo que se fecha
Em revoadas de alegrias.
Quando ao triste Inverno
Se seguem neblinas de Primavera,
De flores a abrir em alvoroço,
Da erva a crescer com pujança
E o Verão num majestoso regresso
Nos traz promessas de esperança
Na radiosa luz que nos inebria…
Então acontece o milagre supremo,
Em que ao nada, à alma vazia,
Sucedem o brilho, o êxtase extremo,
Do começar de novo e ser feliz.

Recomeçar, Mais Além– Emília Daniel Leitão


Mais um sonho tornado realidade: escrever um livro e publicá-lo.
Ontem assisti à sua apresentação restrita, entre família e amigos.
Fiquei muito orgulhosa.
Não é uma vaidade oca. Foi um desabrochar, revelando dons impensados.
Para muitos, uma surpresa.
Para mim, a certeza que se pode recomeçar do nada.

15 comentários:

Bazuca disse...

Amiga comum, de grande valor,
disse sim á Vida, talvez ao Amor...não Sunflower, não sirvo para poetisa mas admiro muito quem consegue! bjinhos para U2( tu e ela!) :)

pitanga disse...

Começar de novo sem repetir os mesmos erros. Aí está toda a graça!
abraços da pitanga

Moleiro de Mancha disse...

Se encaixa bem como auto-ajuda. E muita gente está necessitada, uma vez que leitura, daquela de verdade, hoje está mais pra bicho-papão. Desculpe a franqueza. Sou assim. Gosto daqui.

um abraço do moleiro

Dafne disse...

Amiga Sun Flower
Passei por aqui para dar um bom dia e desejar um óptima semana.
Bj
Dafne

Teresa Durães disse...

E publicar um livro é difícil, principalmente de poemas. A não ser que se tenha padrinhos....

Assim funciona este país...

boleia disse...

conheço uma musica espanhola que fala tao bem do Mas Alla! se pudesse transcrevia, mas iria cheiinha de erros...
De todas as formas, todos os dias a canto baixinho: mas alla, des mesmiedos, mas alla, de me inseguridad...

Jardineira aprendiz disse...

Girassol, agora só passo a correr e nem dá para deixar comentários. Um dia destes conto uma coisa sobre as tribos, mas tem que ser com tempo. Força para a amiga poetisa!
Bjinhos

segurademim disse...

... devemos sempre procurar concretizar o sonho! quando tal acontece é motivo para dar parabéns!

mais além iremos...

;)

Caracolinha disse...

Bonito, minha querida, muito bonito mesmo ... obrigada pela sugestão ...

Fica uma beijoca encaracolada e um abração forte para ti !!!!

:)

o alquimista disse...

Obrigadao pela visita também ao meu espaço, parab~ens pelo livro espero poder lê-lo nem que seja alguns exertos, se forem iguis ao que tenho lido no seu espaço, naturalmente que quero este livro no meu escaparate.

Um beijo "O ALQUIMISTA"

lena disse...

Menina do sol, recomeçar é isso que se faz dia após dia,
adoro poesia, devoro mesmo tudo o que encontro, a poesia e o mar fazem parte do meu dia a dia,
espero sinceramente que a tua amiga tenha o maior exito possível,
não sei se é fácil ou não editar, nunca me debrucei muito sobre isso, sei que adoro ler e tenho o maior respeito por quem publica

espero encontra em breve o livro que nos indicas, obrigada pela partilha, gostei do que li

um beijo meu com carinho, que todos os dias um raios de sol bata à nossa porta para nos encantar, mesmo que as nuvens estejam cinza

abraço-te

lena

madalena pestana disse...

É natural que te orgulhes por uma amiga ainda mais se ela publica um acto de esperança:um livro!

Bjs.

:)

Vanda Baltazar disse...

E tudo brilha, quando o passado já esquecido, não é mais que isso mesmo: passado!

E tudo a partir daí é possivel :)

escrever livros, voar mais alto,
chegar mais longe!

à Poetisa os meus Parabéns!

Para ti aquele abraço :) tribal :)

PS-E os italianos mostraram bem o que valem :)

Pena o premio de melhor jogador do mundial ter sido dado, afinal ao único arruaceiro :)) que vi jogar no mundial!!

Por vezes os "Deuses" têm pés de barro :(

mixtu disse...

muitos parabéns à poetisa/poeta...
mensagem de harmonia, de traçar caminhos sabendo que non hay caminos, hay caminantes que ao andar hacen el camino como refere o Poeta Machado...

p.s. que eu desconfie que não transmitiste os meus parabéns, yaya

Girassol disse...

Queridos amigos!
Por não ter tempo de responder a cada um individualmente, agradeço desta forma as palavras carinhosas aqui deixadas por vós!
Não, não é fácil publicar em Portugal...Este livro foi publicado por uma editora sem fins lucrativos, às custas da autora, numa edição de 500 exemplares.
Não se encontra à venda nas livrarias, mas concerteza que será encontrado um meio fácil de o divulgar para ser adquirido.
Beijinhos a todos