27 fevereiro, 2006

A primeira noite na Ria


Há cerca de três anos conseguimos realizar o sonho de uma vida do meu pescador: ter um barco de pesca! Assim, em vez dum carro novo adquirimos um em segunda mão e fizémos a compra...

Entusiasmados, resolvemos então pernoitar na Ria...
Um amigo nosso já nos tinha avisado: não pernoitem na Ria, é perigoso...Levem ao menos uma caçadeira! Ri - me do exagero!
Cerca das quatro da tarde resolvemos acabar a pescaria e rumar ao local escolhido para passar a noite, uma pequena enseada abrigada, calma, sem grande movimento. Ancorámos e preparámo-nos para jantar; ao aquecer a sopa com uma resistência eléctrica a luz foi-se abaixo...Ficámos de imediato preocupados, pensando que tinha sido um curto-circuito e iríamos ficar sem energia!!!! Pânico de "maçaricos" nestas lides...Felizmente o disjuntor tinha disparado...Tudo bem!
A Ria estava serena; o barco só balançava ao passar da "carreira" para S. Jacinto ou de alguma bateira a transportar pescadores para os molhes.

Ria de Aveiro à noite (tirada da net)
Perto da uma da manhã, acordámos com barulho, luzes de lanterna a incidir no barco e uma voz de homem a gritar:
- Olhe lá, olhe lá, acha que está bem ancorado?
O meu primeiro pensamento, ainda meio estremunhada, foi: estamos à deriva!!!!!
O Fernando saiu e com voz grossa perguntou:
- O que é que se passa?
- Não viu? Está cego? Tenho aqui umas redes, estão mesmo em cima delas!
- Não vi nada quando cheguei...não estava nada sinalizado...
- Estão aqui desde as 8 da manhã!
- Eu cheguei às 4 da tarde e não havia aqui nenhuma bóia de sinalização l
- Já tenho a matrícula, se me estragarem a rede vou-me queixar! - ameaçou-nos com voz meio avinhada.
Puxei-o para dentro da cabina; o homem deu mais umas voltas ao barco sempre com a lanterna apontada e por fim lá se foi. Bom, não sabíamos que pensar: ou tinha ido de vez ou voltaria com uns amigalhaços para nos correr...Assim, para evitar mais chatices, resolvemos afastar-nos dali. Ao puxar a âncora, veio a rede agarrada...azar! Com jeitinho e paciência o Fernando retirou a rede e, muito lentamente, pusemos o motor em marcha. Felizmente a rede não se tinha emaranhado na hélice!
Mais tarde, ao lembrar este episódio, calculei que teria de repensar as noites na Ria, já que estávamos mesmo bastante vulneráveis!
Afinal, numa estadia tão esperada, nem tudo foram rosas... ou melhor , peixes!!!

12 comentários:

Bitta disse...

...quem quer ficar alegre, vem aqui, lê as tuas hisórias... passa um final de dia com outro estado de espírito!!!

Eu gosto mesmo de te visitar! Tudo de bom para ti.

Isabel-F. disse...

...rsss...era uma aventura em que eu não me metia não...que horror...só de pensar que o barco podia ir à deriva....

beijokas

paper life disse...

Ahahah
Tu tens tido uma vida engraadíssima. não admira que seja uma optimista nata. continua assim.

Bjs, Girassol.

:)

Betty Branco Martins disse...

Está um verdadeiro "Assombro"... com uns "salpicos" de encontros do 3ºgrau.

Uma verdadeira delícia.

Beijinhos

Isabel-F. disse...

Oi...
Bom Dia...
Queres colaborar com o Projecto Esperança?
Vê no meu Blog.
Obrigada e Beijos

A.J.Faria disse...

Olá, Girassol!
Espero que a pescaria tena sido boa!
Tens por aí algum cherne, ou foi tudo carapau?
Hum...espero que não tenha havido mais nenhum problema com o barco.
Um abraço,

alfazema disse...

Também tive um barco, também pesquei na Ria Formosa mas foi sol de pouca dura. As peripécias eram mais que muitas, a inexperiência grande e daí à desilusão foi um passo. Vendemos o barco, arrumámos as canas e passámos a apanhar conquilhas, berbigões e lingueirões. Não foi nada mau.
Tenha uma boa noite.

Alessandro_PPG disse...

Olá! Visite o meu novo blogger: http://ilustrada-ppg.blogspot.com/ e meu site: http://www.ilustrada.ppg.br/ Me ajude a divulgar! Desde já agradeço! E gostaria de fazer novas amizades! Abraços !

Isabel-F. disse...

...vim à procura de Post novo...deixo-te 1 beijo

Arabeca disse...

Pelos vistos continuas com problemas de Net...
Vim à procura de Post. Já faz parte do dia...tá fazendo falta...
Recebeste o meu mail? Tenho mais...ehehehe...é só pedir...
Bjokinhas

Girassol disse...

Bitta, sempre presente...Obrigada!

Isabel, vou aderir ao Projecto Esperança, só que continuo sen net enm casa, o que me causa imenso transtorno...Menos posts, menos visitas aos meus amigos blogueiros..Que pena!

Papaer Life, tenho a vantagem de ter uma "reciclagem" no disco duro que elimina automaticamente as chatices...e deixa ficar as recordações boas!!!!

Betty, ainda existem as do quarto grau que não posso contar....!

Faria, a Ria tem pouco peixe: una robalitos pequenos ao anoitecer ou ao amanhecer...Agora o mar, isso sim! Mas nessa aventura não me meto eu!

Olá Alfazema, agradeço a tua visita! Muita gente desiste dos barcos, é verdade. Mas quando o vício é muito....Também gosto dos tais berbigões e quejandos!!!

Arabeca, já tenho os teus trabalhos. Mas aqui a net é tão lenta que não dá para os colocar. Estão lindos! Que escolher? Difícil, hein?

Beijokas para todos

HatA/mãe disse...

Era uma vez...mais uma bela aventura, felizmente acabou tudo em bem...só a "faina" é que não correu lá muito bem...
Mesmo assim gostaria imenso de ter ido, sou bichinho de água.
Um abraço amiguita