03 fevereiro, 2006

Eu sei


Head -Pablo Picasso


Eu sei que o meu desespero não interessa a ninguém.
Cada um tem o seu, pessoal e intransmissível:
com ele se entretém
e se julga intangível.

Eu sei que a Humanidade é mais gente do que eu,
sei que o Mundo é maior do que o bairro onde habito,
que o respirar de um só, mesmo que seja o meu,
não pesa num total que tende para infinito.

Eu sei que as dimensões impiedosos da Vida
ignoram todo o homem, dissolvem-no, e, contudo,
nesta insignificância, gratuita e desvalida,
Universo sou eu, com nebulosas e tudo.

Amostra sem valor - António Gedeão

9 comentários:

Bitta disse...

Adorei...
Nós fazemos parte do Universo e ao mesmo tempo somos um Universo!

Bom fim-de-semana

Girassol disse...

Bom fim de semana também!
Para mim vai ser bom: estar com a minha tribo, um pedacinho de África que por cá ficou...
Bjinho

Bazuca disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Bazuca disse...

quem terá aprendido com quem?
"Minimo sou, mas quando ao NADA empresto a minha elementar realidade, o nada é só o RESTO" Reinaldo Ferreira ou Antonio Gedeão?

Bazuca disse...

que horror Girassol, eu não falo assim sem parar! eu ainda não estou repetitiva! acho que o PC está a precisar de uma consulta, Parkinson?! so sorry...delete please.

paper life disse...

Boaescolha!

E eu sei que o teu actual girassol de topo é um esspanto.
:)

Bjs

ferrus disse...

Todos nós somos um universo no Universo. É essa a nossa condição da sua partícula. Imensa? porque não? Adorei a partilha...Obrigado :-)

A.J.Faria disse...

Olá,!!
E sei também que neste espaço temporal que é a vida, tu és única!!
Não há mais ninguém neste mundo mundo que seja igual a ti!
Esta é a riqueza que cada um de nós possui.
Um beijinho,

Girassol disse...

Bazuca, isso é que ser assertiva...!
Pois é do Reinaldo Ferreira! Ontem ainda estive tentada a colocar um poema dele , mas vai ser hoje, a minha homenagem ao grande poeta moçambicano.
Então...até já!!!!

Paper life, foi presente da Tina, com quem vou estar daqui a pouco para uma tainada...Vou-lhe dizer e vai ficar contente!

Ferrus, é mesmo...Afinal somos grandes e pequenos ao mesmo tempo.
Que seja também grande a nossa alma!

Faria, e tu, meu amigo? Sempre crítico e a pensar no sofrimento alheio? Também és...E essa diversidade é que nos torna a todos tão criativos !

Beijinhos para todos e bom FDS