12 maio, 2006

Os poetas de Macau


Macau - Kevin Jenne

Comprei vários livros de poesia, curiosa por conhecer a obra dos poetas desta terra e a forma como a cantaram. Existe apenas uma livraria portuguesa...Isto é que nos deveria envergonhar!
Mas tem os livros mais recentes dos escritores portugueses e estrangeiros e daqueles que fizeram de Macau a sua cidade, tendo aqui nascido ou vivido por tempo mais ou menos longo.
A Antologia de Poetas de Macau, edição do Instituto Camões, de 1999, reune vários poetas que se destacaram nesta terra longínqua.
À cabeça, vem Camilo Pessanha...


"Camilo de Almeida Pessanha nasceu no dia 7 de setembro de 1867 na cidade de Coimbra em Portugal. Após formar-se em Direito foi para Macau, na China, onde exerceu a função de Professor. Acometido de Tuberculose e, segundo alguns estudiosos, viciado em ópio, o que contribuía para o agravamento da doença, retornou várias vezes para a Portugal para tratar da sua saúde. Essas viagens de pouco valeram, uma vez que o poeta faleceu em 1º de março de 1926 em Macau. Camilo Pesanha que é, sem sombra de dúvidas, o maior e mais autêntico poeta Simbolista português foi fortemente influenciado pela poesia de do poeta frances Verlaine.
Sua poesia, que influenciou vários poetas modernistas, como por exemplo Fernando Pessoa, mostra o mundo sob a ótica da ilusão, da dor e do pessimismo. O exílio do mundo e a desilusão em relação à Pátria também estão presentes em sua obra e passam a impressão de desintegração do seu ser. A sua obra mais famosa é " Clepsidra", relógio de água, que contém poemas com musicalidade marcante e temas até certo ponto dramáticos."

(fonte: http://www.mundocultural.com.br/index.asp?url=http://www.mundocultural.com.br/literatura1/simbolismo/pessanha.htm)

E um dos seus poemas...

Ao meu coração um peso de ferro

Eu hei-de prender na volta do mar.

Ao meu coração um peso de ferro...

Lançá-lo ao mar.

Quem vai embarcar, que vai degredado,

As penas do amor não queira levar...

Marujos, erguei o cofre pesado,

Lançai-o ao mar.

E hei-de mercar um fecho de prata.

O meu coração é o cofre selado.

A sete chaves: tem dentro um carta...

--- A última, de antes do teu noivado.

A sete chaves --- a carta encantada!

E um lenço bordado... Esse hei-de o levar,

Que é para o molhar na água salgada

No dia em que enfim deixar de chorar.

Canção da partida - Camilo Pessanha


Perguntaram-me se ficaria por cá...

Como se pode viver com o coração dividido? Não sei, o futuro é incerto quando pareceria certo e nada, a não ser a passagem para a outra margem, poderia alterar...Sinceramente, sinto que poderia ficar por aqui, reformada, podendo dar à minha neta e outros que viessem o carinho, atenção e tempo que teria, totalmente disponíveis ! O coração está com os afectos e atravessa oceanos e continentes, é certo. Mas precisa ser alimentado, como uma florinha frágil.

Planos, tenho imensos planos...Nunca páro de pensar em tanta coisa para fazer e tanta ternura para dar. Mesmo que o meu tempo acabe um dia destes, agrada-me acreditar que voltarei, para uma outra vida cheia de planos, ideias e carinhos.

O dia de regresso aproxima-se...E com ele, a separação da família.

Foi doce este tempo de reunião à volta do pescador, comemorando os seus 60 anos de vida, em terra de flores de lótus, frangipani, orquídeas, buganvilleas, acácias vermelhas.

Flor de Lótus

Beijinhos

27 comentários:

Anónimo disse...

Mas que custa voltar, se outra viagem estão já a planear!!!!

E tantos amigos a aguardar!

Domingo, às 9h da manhã, vos vamos esperar.

Hoje, feriado, tenho de estudar...

Beijnhos a todos, Elsa

Isa Calixto disse...

Linda "Canção de Partida", linda Flor de Lótus...a presença linda, continua aqui e lá.

Beijinhos

Girassol disse...

Oi, Elsa, força com esse estudo...
Muito bom, ter-vos à nossa espera!
Beijinhos

paper life disse...

:)

Aproveita bem o tempo que falta.

Bjinhos.

:)

boleia disse...

vao ser boas leituras ad aternum, seguramente!

sa.ra disse...

Linda flor de lótus!
caí de amor por ela!

beijinhos!
dias felizes!

jorgesteves disse...

Não se pode explicar o que não se sabe; e eu não sei as voltas que a volta me trouxe até aqui...
Mas deixe-me agradecer a visão desta flor!
jorgesteves

Licínia Quitério disse...

Volta bem. Deixas lá as tuas flores de lótus, mas a beleza delas vem contigo e dela te alimentarás até ao próximo reencontro.
Muitos beijinhos.
Licínia

adesenhar disse...

Simplesmente encantadora esta viagem.

parabéns à fotografa.

continuação de boas férias

:)

Lmatta disse...

Linda flor.
contigo eu "aprendo" vejo Macau
beijocas

A.J.Faria disse...

Por vezes, custa regressar, mas a vida é assim mesmo, feita de partidas e regressos.
Obrigado por este momento de poesia!
Um beijo

greentea disse...

QUE COISA LINDA, GIRASSOL
e o pescador foi fazer os sixty a Macau! que beleza .
e a tua vivacidade e a tua ternura , o interesse q tens pelas coisas , pela vida ...
És um espanto, ca´ou lá.

Beijinhos grandes

alfazema disse...

Girassol

As tuas reportagens, notas, informações , fotografias deixaram-nos a todos mais ricos e ...mais felizes. Acredita que foste sensacional.
Beijinhos

Anónimo disse...

Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
»

Anónimo disse...

Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
»

Anónimo disse...

Great site lots of usefull infomation here.
»

Anónimo disse...

Your are Nice. And so is your site! Maybe you need some more pictures. Will return in the near future.
»

Anónimo disse...

Your website has a useful information for beginners like me.
»

Anónimo disse...

Super color scheme, I like it! Good job. Go on.
»

Anónimo disse...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»

Anónimo disse...

Your site is on top of my favourites - Great work I like it.
»

Anónimo disse...

Looks nice! Awesome content. Good job guys.
»

Anónimo disse...

Nice idea with this site its better than most of the rubbish I come across.
»

Anónimo disse...

Hey what a great site keep up the work its excellent.
»

Anónimo disse...

That's a great story. Waiting for more. »

Anónimo disse...

This is very interesting site... » » »

Del disse...

II Antologia de Poetas Lusófonos
Bom dia,

Depois do sucesso da I Antologia de Poetas Lusófonos, com mensagens de parabéns de imensas personalidades, com destaque para os Digníssimos Presidentes da República de Portugal e do Brasil assim como do Primeiro-ministro de Portugal, e com apresentações em Leiria, Alcanena, Lisboa (Portugal) e Rio de Janeiro (Brasil), tendo sido canceladas as apresentações em Zurique (Suíça) e Paris (França) devido a edição ter esgotado. A Editora Folheto Edições & Design com a colaboração do Elos Clube de Leiria da Comunidade Lusíada e com o apoio institucional de várias Associações, Academias e Instituições dos Países Lusófonos, entendeu lançar o regulamento para a II Antologia de Poetas Lusófonos com o intuito de continuar a promover a Poesia e os Poetas dos Países Lusófonos. Assim como o objectivo de promover um elo de ligação entre todos os Poetas da Língua Portuguesa, segue em anexo o regulamento e ficha de inscrição para a II Antologia de Poetas Lusófonos.
Caso não consiga abrir o formato PDF, envio o formato Word.



Aceite os meus agradecimentos antecipados, pela atenção dispensada.

Os meus melhores cumprimentos,



Adélio Amaro

Coordenador Editorial



Folheto Edições & Design, lda

Praça Madre Teresa Calcutá,

lote 115, loja 1

2410-363 Leiria

Telf./Fax: 244 815 198

E-mail: folheto@gmail.com; amaro204@gmail.com

Blog: http://folhetoedicoesdesign.blogspot.com; http://poetaslusofonos.blogspot.com