10 maio, 2006

Na Gruta do Grande Poeta!

Ao fim da tarde fizémos o caminho desde o Leal Senado ao Jardim Camões. Não é uma grande distância, mas o calor apertava, o ar estava abafado ...Foi difícil lá chegar!
O jardim está muito bem cuidado e depois de subir uma escadaria a muito custo, apareceu, iluminada, ao lusco-fusco, a gruta de Camões...
Gruta de Camões

Estátua de Camões
Inscrição dentro da gruta
Deixo-vos com as palavras dum poeta de Macau, Josué da Silva ...
Foste vendaval, crista de onda verde
Cuspindo sangrenta o desprezo pela vida,
Quando entre ti se interpunha a sede
De ires à lua, ou de espada à lida,
para dares à Grei à honra que precede
o ser primeira e sempre decidida

a soltar nos mares o grito de bravura
ao leme de todos os cabos da esperança,
que a terra era um sem pão de amargura,
um zé ninguém da dor e sem herança
capaz, pra dar aos filhos um algo de ternura
mesmo conquistado na ponta duma lança.

E serias tu, peão desavindo do poder,
Como cão atirado na lama do sistema,
quem na tua taura lira e em teu crer
em delírio, ofertava à Mãe suprema
a chama e a luz de se reconhecer
inteira, no canto universal do teu Poema.

Por fim aqui me encontro Insigne Varão
Nesta gruta tão triste e tão sombria,
Tentando nela haurir toda a paixão
Que obriga com que desta pedra fria,
Se oiça o palpitar de um coração
Que fez de Portugal, a alma da Poesia.

Camões a Oriente Triste – Josué da Silva (1930)
Beijinhos

9 comentários:

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Que bonito!
Essa gruta está d eum bom Gosto...oriental
Adorei

Isa Calixto disse...

Mais uma vez obrigada...pelas fotos do post abaixo e pela lembrança do nosso Camões...e pelas palavras amigas no meu cantinho...

Um beijinho

Lmatta disse...

Linda gruta
gostei muito
beijocas

boleia disse...

Ele esta em todo o lado!
que gruta tao bonita!

sa.ra disse...

Olá Girassol!

a viagem continua ...
rica e cheia de coisas bonitas para nos mostrares!

beijinhos!

obrigada por essa ternura a Oriente!
dias felizes!

Luisa disse...

Como gostaria de fazer também essa viagem! Mas com os teus posts é como se também a fizessemos.

paper life disse...

Que belo post aqui tens, minha Amiga!

:) Beijinhos.

Bel disse...

A alma da poesia. Depois de Fernando Pessoa a quem venero Camões é dos meus poetas preferidos.

Caracolinha disse...

Lindo, lindo ... minha querida amiga .... as fotos ilustram bem a beleza do local e as palavras a grandeza do autor ...

Desculpa as ausências mas ando feita uma preguiçosa !!!!

Beijoca encaracolada em saudade !!!! :))