05 março, 2006

Voltei!...

África Minha - Tina Noronha Marques

Quando eu voltar,
que se alongue sobre o mar,
o meu canto ao Criador!
Porque me deu, vida e amor,
para voltar...

Voltar...
Ver de novo baloiçar
a fronde magestosa das palmeiras
que as derradeiras horas do dia,
circundam de magia...
Regressar...
Poder de novo respirar,
(oh!...minha terra!...)
aquele odor escaldante
que o humus vivificante
do teu solo encerra!
Embriagar
uma vez mais o olhar,
numa alegria selvagem,
com o tom da tua paisagem,
que o sol,
a dardejar calor,
transforma num inferno de cor...

..................................

Ah! quando eu voltar...
Hão-de as acacias rubras,
a sangrar
numa verbena sem fim,
florir só para mim!...
E o sol esplendoroso e quente,
o sol ardente,
há-de gritar na apoteose do poente,
o meu prazer sem lei...
A minha alegria enorme de poder
enfim dizer:
Voltei!...

Regresso - Alda Lara

21 comentários:

HatA/mãe disse...

;(((

Poesia Portuguesa disse...

Uma beleza! "Voltaste" em grande!
Um belo momento que "revi" com muita emoção!
Grata pela partilha

Um abraço ;)

HatA/mãe disse...

:(((

greentea disse...

hoje tb canto a saudade de voltar, as acácias floridas, o por do sol estonteamte e tudo o mais.
Um abraço.

alice disse...

bom dia, girassol,

obrigada por teres florido a minha casa na tua última visita
vim aqui agradecer as tuas palavras e já sei porque gostas do meu nome
um grande beijinho e aparece,
alice

Isabel-F. disse...

...adorei...
principalmente a imagem da Tina...


boa semana
bjs

mixtu disse...

lindo, pois o li duas vezes
ufa... brilhante
jinhos

spartakus disse...

ahh. bem bonito. b'tarde. a lara, esquecida.

Hugo disse...

Tambem regresso aqui sempre que posso.

bjs

Manuel Palhares disse...

E o sol esplendoroso e quente,
o sol ardente,
há-de gritar na apoteose do poente,
o meu prazer sem lei...
A minha alegria enorme de poder
enfim dizer:
Voltei!...


Lido AB,muito lindo!

Nunca devemos dizer nunca, é um lugar comum. Porém sinto que não voltarei. Mais do que por falta da vida que se me escapa todos os dias, tão somente porque não ia encontrar o que lá deixei.Prefiro as recordações, diz a razão e sangra-me todos os dias o coração.
Um beijinho,

Manel

Manuel Palhares disse...

E o sol esplendoroso e quente,
o sol ardente,
há-de gritar na apoteose do poente,
o meu prazer sem lei...
A minha alegria enorme de poder
enfim dizer:
Voltei!...


Lido AB,muito lindo!

Nunca devemos dizer nunca, é um lugar comum. Porém sinto que não voltarei. Mais do que por falta da vida que se me escapa todos os dias, tão somente porque não ia encontrar o que lá deixei.Prefiro as recordações, diz a razão e sangra-me todos os dias o coração.
Um beijinho,

Manel

Anónimo disse...

E o sol esplendoroso e quente,
o sol ardente,
há-de gritar na apoteose do poente,
o meu prazer sem lei...
A minha alegria enorme de poder
enfim dizer:
Voltei!...


Lido AB,muito lindo!

Nunca devemos dizer nunca, é um lugar comum. Porém sinto que não voltarei. Mais do que por falta da vida que se me escapa todos os dias, tão somente porque não ia encontrar o que lá deixei.Prefiro as recordações, diz a razão e sangra-me todos os dias o coração.
Um beijinho,

Manel

Manuel Palhares disse...

AH! AB,
Já compreendi por que razão não aparece a minha mensagem. Só agora é que vi o rectângulo amarelo a avisar que precisa de aprovação.
Um beijinho,

Manel

Paulo J. Ribeiro disse...

Voltar... sabe sempre bem...

Paulo J. Ribeiro disse...

Voltar... Sabe sempre tão bem...

Mocho Falante disse...

linnnndddddoooo

porque será que todos os africanos têm este desejo enorme do regresso e das saudades do cheiro da terra?

beijocas

Claudia disse...

Olá, obg pela visita. Gostaria que conhecesse também o www.campodegirassois2.zip.net
Volte sempre que desejar, somos girassóis! Bjos no coração!

Clube os Curiosos disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Jorge Moreira disse...

E que regresso!
É um poema muito belo e repleto de energia.
Beijinhos e um bom dia.

Girassol disse...

Meus queridos amigos, peço-vos imensa desculpa por não terem aparecido os vossos comentários....Que naba! Só agora descobri, pois tinha moderado os comentários....
Beijinhos para todos

wicca disse...

Espreita o meu blog e vê lá se ainda me reconheces... se conseguires (que eu acho que sim), não me identifiques nos comentários, podes usar o meu email para tal. Gostava de recomeçar de novo (para quase todos)no mundo da blogosfera. Não suportava mais as mesquinhices de pessoas que não tiveram a oportunidade de me conhecer (no mundo real ou físico) devidamente e passavam a vida a enviar-me comentários semi-anónimos, altamente ofensivos e que dia após dia aumentavam a minha revolta por ser acusada injustamente de situações que nunca causei!!!
Um beijo dos Açores