28 março, 2006

A Primavera e a Esperança


The Hope II - Gustav Klimt



Nas folhas novas
Ressurgem esperanças
É Primavera.

Vera Lucia Godoy Correia
(Haikai)

16 comentários:

Rui Martins disse...

Este é um dos períodos mais fascinantes da Arte Europeia... Klimt é dos meus pintores favoritos e um verdadeiro ícone da sua terra natal, a Austria e um dos maiores da Arte Nova, um movimento que estava relativamente bem representado em Lisboa, antes de começarem muitas demolições cegas da década de oitenta (Abecassis)...

Girassol disse...

Sem dúvida, também admiro muito a Arte Nova. Aveiro tem um espólio interessante de casas dessa época, mas à semelhança de Lisboa, algumas foram destruídas e outras assassinadas...para a abertura de estradas!
Bjs

greentea disse...

a esperança renasce sempre!



nem q seja depois de um banho energético debaixo da cachoeira...


"inda falam mal das sogras"....


beijinhos para ti

Girassol disse...

Pois é, Greentea...

É que hay sogras y sogras....!
e ainda...
...pero que las hay...las hay!!!!!

Jinhos

diva dos sonhos disse...

Ressurgem tb os sonhos!

BlueShell disse...

Grata pelas tuas palavras.
Adoro a Primavera!
Posso deixar um abraço apertado?
*=*=*=*=*=*=*=*BShell*=*=

paper life disse...

http://www.fotocommunity.com/pc/pc/cat/3434/display/4429691

achei isto para ti.

bjs.

aprendiz de viajante disse...

Minha querida amiga girassol... perdoa-me a ausência!!! Tens posts lindos! Três ou quatro dias sem navegar na blogosfera correspondem a um tempo infinito, parece que não venho aqui há séculos!!!

Tenho andado muito ocupada com assuntos profissionais, por isso não tenho tido tempo.

Um grande beijo para ti

Girassol disse...

Diva dos sonhos, para ti sonhar é fácil!

Blueshell, retribuo com um "big hug"...

Pois.claro, que presente precioso!!!! Obrigada, amiga!

Wicca, sei que estás muito ocupada!
Sinto a tua falta, mas quando puderes vai dizendo olá!

Beijinhos para todas

as velas ardem ate ao fim disse...

Este quadro é lindo, ou eu não o tivesse exposto na minha sala amarela, a replica claro que o meu irmão me ofereceu na ART & WEAR.
Obrigada alegras te me a minha manhã coisa que não acontecia à muito tempo.

Obrigada, muito obrigada e bjinos

Girassol disse...

Velinha, agradeço a visita e volta sempre!
Bjinho

Lmatta disse...

Olá Girassol
Estou acordo folhas novas esperança
Gostei.

Outra coisa o meu blog principal é este

http://emlinharecta.blogspot.com/
Beijicas

Henrique Santos disse...

Olá,
Deixei-te um poemita sobre a borboleta, agora que se fala de Primavera. Um dia a minha neta perguntou-me o que era uma metamorfose, a propósito dos casulos que ela tinha criado... respondi-lhe com um poema, assim:
A Borboleta


Oh borboleta tão bela,
do teu voo se não adivinha,
o porvir da tua fofa cela!

Vem mostrar tua beleza,
nascida da metamorfose,
onde o amor é realeza!

Ultrapassas o teu tormento,
num segundo da tua vida,
na eternidade reflectida,
no sopro desse momento!

E a vida se renova no tempo,
no tempo que o tempo tem,
na alegria sem contratempo,
porque o futuro é um bem!

Bjinhos
Ricky

Fátima Silva disse...

Uma homenagem muito bonita à Primavera!

Jorge Moreira disse...

Mas que Haikais tão bonitos...
São realmente como a Primavera.
Beijinhos,

Girassol disse...

Imatta, vou lá...O outro está a hibernar?

Ricky, mas que bonito! Será que eu conseguirei responder a rimar também à minha?? Falta-me a tua inspiração! Vou fazer um post com este poema à borboleta!

Fátima, agradeço a visita! Irei já espreitar o teu cantinho...

Jorge, fiquei apaixonada pelos haikais, pela sua simplicidade e ligação à Natureza.

Beijinhos para todos