14 março, 2006

Recordar os Moody Blues

Moody Blues
Quem se lembra dos Moody Blues?
Criadores de álbuns cuidadosamente produzidos sob ponto de vista musical, mas igualmente estético, foram um ícone da música anglo-saxónica nos anos 70.
Já existem CDs das versões em vinyl, e por ter sido fã incondicional das suas músicas, tenho tentado adquiri-las a fim de recuperar grande parte dos seus discos.
Lembro alguns deles:





Só os mais velhos, da geração 60, se lembrarão...

Pelo meu lado, nunca esquecerei a sua música, que me acompanhou e deliciou durante tantos anos e aqui fica o meu tributo.
Deixo-vos com Question, letra e música, um dos maiores êxitos desta banda, do álbum Question of Balance.


Question


Why do we never get an answer

When we're knocking at the door

With a thousand million questions

About hate and death and war?

'Cos when we stop and look around us,

There is nothing that we need,

In a world of persecution that is burning in its greed.


Why do we never get an answer

When we're knocking at the door

Because the truth is hard to swallow

That's what the war of love is for.

It's not the way that you say it

When you do those things to me

It's more the way that you mean it

When you tell me what will be.


And when you stop and think about it

You won't believe it's true

That all the love you've been giving

Has all been meant for you.


I'm looking for someone to change my life,

I'm looking for a miracle in my life,

And if you could see what it's done to me,

To lose the love I knew

Could safely lead me through.

....................................

10 comentários:

HatA/mãe disse...

Minha querida Girassol,
Realmente não te falta matéria de imaginação para fazer belos posts, à velocidade da luz...lol
Que saudades da musica dos anos 70.
A musica dos anos 60 e 70 duas gerações que na minha opinião foram anos, de musica imtemporal...
Ate os jovens de hoje fazem arranjos musicais baseados nelas.
Muitos e muitos beijinhos

marsofig disse...

"Só os mais velhos, da geração 60, se lembrarão..."

E os filhos dos da geração de 60? Aqueles que tiveram que "gramar" (!) não só os "psicadélicos" Moody Blues, mas também os ABBA? Eu sei grande parte das músicas de cor!!! Fora o Cliff Richard, da tua meninice... Ah, e sem esquecer os Bee Gees, os famosos irmãos Gibb! E o disco está de volta, com a Madonna... Intemporal, sem dúvida...

Beijinhos da filha emigrante da maior colónia ibérica em território germânico...

Isabel-F. disse...

...e quem não se lembra???

bjs

Girassol disse...

Olá Noitestrelada, já estava a sentir a tua falta na minha noite...! Até te dediquei uma música da Katie Melua chamada Thank you Stars...
Tens razão a música, principalmente dos anos 60, é uma referência importante para nós e de certa forma moldou a maneira de ser desta geração: românticos, sensíveis, com sentido de humor!

Pois, filhota, e as mães que "gramaram" os New Kids on The Block, a Madonna, Michael Jackson, Wham,etc....Ao som dos ABBA fartámo-nos de dançar...

Isabel, espero que sim!!!

Beijokas

Jorge Moreira disse...

Que saudades!
Obrigado por recordares.
Beijinhos,

Rui Martins disse...

Ups. Não me lembro deles... Devo ser mais "oitentas" e "música alternativa" tipo Cocteau Twins e Dead Can Dance... dos Moody Blues não tenho qq recordação!

alfazema disse...

Quem pode esquecer estes jovens?
Seria o mesmo que esquecer os Beach Boys, os Beatles, os Abba...eu sei lá...
O meu filho adora esta música. É de todos os tempos.
Um beijo

paper life disse...

Boa a escolha da letra.

Bjinhos. Boa noite.

:)

wicca disse...

Não é bem do meu tempo... mas gosto!
Um beijinho

raphael rocha disse...

Ahhhhh Moody Bluess .. Sou completamente apaixonado.. E tenho 20 anos .. Gracas a meu Tio e a Deus fui presentiado com tamanha obra prima .! Que o mundo vire de cabeça pra baixo e uma revolucao 70tentistica acabe com a balburdia musical que infesta todas as culturas indefesas do conhecimento