08 março, 2006

Dia Internacional da Mulher


Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer!
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder...
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer!

Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda...
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz!

Amo-te tanto! E nunca te beijei...
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!

Os versos que te fiz - Florbela Espanca

Um Girassol para cada uma das
Mulheres desta Blogosfera !

8 comentários:

paper life disse...

Muito bonita a escolha.~
:) bjs

Jorge Moreira disse...

Que a mulher seja MESMO um ser IGUAL ao homem em todo o MUNDO, em tratamento, vencimento, oportunidade, chefia, etc.
Que esta celebração acabe pelos melhores motivos.
Viva a Mulher!
Beijinho muito especial a Todas as Mulheres, especialmente aquelas que mais sofrem pela acção do homem ou pela acção de outras mulheres, que cegas pela "tradição", renunciam à sua condição de igualdade

Girassol disse...

Obrigada, Jorge, pelas bonitas e generosas palavras acerca das mulheres e seus direitos. Ainda há muito sofrimento, desigualdade...
Mas muito já se fêz e ainda será feito!
Bjinho

Girassol disse...

Paper life, será o direito à fantasia????
Bjs

Hobici disse...

Very nice blog

Did you visit my blog???

Have a nice day

Henrique Santos disse...

Da Florbela, a mostrar a capacidade da Mulher em suprir a vontade de chorar...
A minha homenagempara vós

LÁGRIMAS OCULTAS !

Se me ponho a cismar em outras eras.
Em que ri e cantei, em que era querida,
Parece-me que foi noutras esferas,
Parece-me que foi numa outra vida ...


E a minha triste boca dolorida,
Que dantes tinha o rir das primaveras,
Esbate as linhas graves e severas
E cai num abandono de esquecida !

E fico, pensativa, olhando o vago ...
Toma a brandura plácida dum lago
O meu rosto de monja de marfim ...

E as lágrimas que choro, branca e calma,
Ninguém as vê brotar dentro da alma !
Ninguém as vê cair dentro de mim !


" Florbela Espanca "

greentea disse...

haveria muito a dizer sobre as mulheres, pelas mulheres.
obrigada pelos girassóis que vou plantar no meu jardim.
para que floresçam.
sempre.

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. » »