13 julho, 2007

E assim fiz…!



Numa reunião de trabalho, alguém muito ligado à política reinante, virou-se para mim ( embora estivesse a falar para todos…) e disse, entre outras enormidades e frases gastas, esta que me pôs com os cabelos e bigodes em pé:

- …. porque “ é preciso vestir a camisola”….

Respondi educadamente:

- “Mas quem é que daqui não veste a camisola??????”


Quando a vontade era responder:

- "Há quem vista uma camisola e há quem vista umas por cima das outras… "

Meus amigos, que eu saiba, sou funcionária do Estado Português, não do Governo, e a Administração Pública não é nenhum clube de futebol, nem pertence a qualquer partido político!
Não recebo com esta idade, com provas dadas de trabalho sério e EM EXCLUSIVIDADE, lições de moral ou piadas mal intencionadas do tempo do PREC…

Isto denota algo preocupante, porque se prende com um certo exibicionismo frente aos dirigentes por causa do malvado SIADAP, o recente sistema de avaliação da função pública.….
É que além dos bufos, ainda temos que aturar alguns “comissários políticos”, cujas ideias brilhantes, vontade de trabalhar (…) e de atacar violentamente os colegas de trabalho para se elevarem aos olhos dos chefes são uma inovação!!!!

E pronto, resolvi apaziguar a raiva e seguir os conselhos do dito cujo.

Mas, como sou REBELDE E NASCI SELVAGEM, acabei por fazer o seguinte….




Qual delas gostam mais????????

Uffffffffffff.....

Paciência de dragão!!!!!!

9 comentários:

margarida disse...

Infelizmente o que há mais são pessoas com várias camisolas vestidas, engraxadores, lambe-botas, já não é o profissionalismo que conta. Agora esse tipo de pessoas com o novo sistema de avaliação da adm.pública (SIADAP)é o que está a dar. Eu não sou Funcionária Pública, sou trabalhadora para a Função Pública desde 2005 e sei bem o que queres dizer amiga.
Um beijo e bom fim de semana. Não queria ir de férias sem deixar umas palavrinhas neste blog que admiro.

Ana Patudos disse...

Amiga, como eu te compreendo.
Hoje no meu serviço até assisti a um colega, que se levantou da mesa de reuniões e ameaçou um outro colega de matá-lo.
Assim vai o nosso funcionalismo Público, a bufaria, os lambe botas.
Não sei aguentarei esta pressão toda. A minha saúde a nível psicológico está a ficar abalada.
Foi horrivel quando vi esse colega ameaçar o outro de morte, trabalhando eles juntos á quase 20 anos. Não é justo.
bjo
Ana Paula

Belzebu disse...

Nunca como agora, valorizei a irreverência e quem não se submete! Nunca como agora dou valor a quem não teme a delação e enfrenta o monstro, que cresce e engorda sob o nosso olhar! Odeio as memórias do fascismo e a anormalidade do PREC! Nunca como agora, a palavra "resistência" fez sentido!

Um abraço infernal!

hfm disse...

Nem vale a pena comentar - infelizmente é o que temos.

Romany disse...

Vai com calma queesta procissão do "emprego" ainda mal saiu do adro,,, :(

a essa da camisola já respondo: desculpem mas comigo é mais T-shirt,

Bjs e Bfs

Cristina disse...

Um beijinhu e um bom fim de semana,
beijinhu

Bichodeconta disse...

e quem fala assim, não deixa nada por dizer.. Um abraço..

Joaninha disse...

Adorei o boneco roxo, mas sou mais ÁGUIA; ave de rapina andando pelos ares para melhor os observar e "bicá-los" quando fôr preciso! Por causa do que estamos vivendo ,eu comentava que parecia que tínhamos voltado ao PREC,mas o meu marido falou que era muito pior ,porque era o PREC institucionalizado!!! e ele tem toda a razão , infelizmente! Neste momento a camisola que eu sempre vesti ,como engordei muito ,deixou de me servir...É a vida!!!!
Um beijinho grande para ti e para o Fernando

C Valente disse...

Há quem pense que o estado e a administração publica é uma cutada do poder politico no poder, com estas mentalidades por isso é que não vamos longe.
Saudações