06 junho, 2006

Neuróbica? Aeróbica para os Neurónios!


É claro que, com a minha provecta idade, preocupo-me e muito com a possibilidade de ser “atacada” por qualquer doença redutora da capacidade cerebral como a doença de Alzheimer e afins!
Descobriu-se há uns anos, que exercitando o cérebro, podem-se evitar tais doenças, dando aos “mais velhos” uma melhor qualidade de vida.
A verdade é que a memória de vai gastando, vamos adquirindo hábitos rotineiros em demasia, que nos deixam quase "robots" no dia a dia e depois não há volta …
Andei a pesquisar e dei com alguma informação na web que partilho aqui convosco.


O simples gesto de trocar de mão para escovar os dentes, contrariando a rotina e obrigando à estimulação do cérebro, é uma nova técnica para melhorar a concentração, treinando a criatividade e a inteligência e, assim, realizando um exercício de NEURÓBICA.

Uma descoberta dentro da Neurociência vem revelar que o cérebro mantém a capacidade extraordinária de crescer e mudar o padrão das suas conexões. Os autores desta descoberta, Lawrence Katz e Manning Rubin (2000), revelam que a NEURÓBICA, a "aeróbica dos neurónios", é uma nova forma de exercício cerebral projectada para manter o cérebro ágil e saudável, criando novos e diferentes padrões de actividades dos neurónios em seu cérebro.

Cerca de 80% do nosso dia-a-dia são ocupados por rotinas que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso: limitam o cérebro. Para contrariar essa tendência, é necessário praticar exercícios "cerebrais" que fazem as pessoas pensarem somente no que no que fazem, concentrando-se na tarefa. O desafio da NEURÓBICA é fazer tudo aquilo que contraria as rotinas, obrigando o cérebro a um trabalho adicional.

Tente fazer um teste:
- use o relógio de pulso no braço direito;
- escove os dentes com a mão contrária da de costume;
- ande pela casa de trás para frente;
- vista-se de olhos fechados;
- estimule o paladar, coma coisas diferentes;
- veja fotos de cabeça para baixo;
- faça palavras cruzadas;
- veja as horas por meio de um espelho;
- faça um novo caminho para ir ao trabalho;
- converse com o vizinho que nunca lhe dá bom dia;
- decore uma palavra nova por dia, da sua língua ou de uma outra.

A proposta é mudar o comportamento rotineiro. Tente, invente, faça alguma coisa diferente e estimule o seu cérebro. Vale a pena tentar! E não custa nada...
Que tal começar a praticar agora, trocando o rato de mão?

Maia da Moval


Dica:
Mantenha seu Cérebro Vivo, de Lawrence Katz e Manning Rubin, Editora Sextante,
A obra mostra que é possível aumentar a capacidade do cérebro com a Neuróbica, programa de exercícios para o cérebro, que propõe fazer de forma diferente atividades corriqueiras. A idéia é que, assim como os exercícios físicos ajudam a manter a forma física, a Neuróbica pode ajudar a melhorar a capacidade cerebral. São 83 exercícios que, de acordo com os autores, ajudam a prevenir a perda de memória e aumenta a agilidade mental. O programa utiliza-se de várias combinações dos sentidos - visão, olfato, tato, paladar audição, além dos "sentidos" emocional e social -, para oferecer ao cérebro experiências fora da rotina. Os exercícios sugeridos pelos autores podem ser realizados em qualquer lugar e a qualquer hora.

(texto e imagens tiradas da net)

Bom, não deve ser fácil, mas….se calhar vale a pena "para mais tarde recordar"!!!!

12 comentários:

boleia disse...

realmente da que pensar!
Nunca e cedo demais para começar!
Beijinhos

Girassol disse...

Minha querida, ainda és muito nova para treinar estes exercícios!
Isto é para o pessoal dos 50's....
Beijinho

Isa Calixto disse...

NEURóBICA aqui vou eu!!! "para mais tarde recordar!"

Vamos ver se não me esqueço de praticar (hehehe)

Pela informação e dicas um beijinho

Mocho Falante disse...

olha vou confessar-te uma coisa...

começava a ler o teu post e logo me perdia com esta fantástica música...depois voltava aqui a este planeta e tentava recomeçar a leitura e logo me perdia de novo neste som....

Confesso que desisti e deixei-me aqui ficar d olhos fechados a saborear esta fantástica faixa do cinema

beijocas

PS: Volto mais tarde para ler...sem som lool

Girassol disse...

Isa, aparecem sempre temas giros para desbravar...

Mocho, adoro este "Cinema" do Rodrigo Leão, nada adequado ao tema proposto....Devia ser rap ou rock!

Beijinhos

Bel disse...

Tenho 25 anos e acho que hoje falharia qualquer teste
beijo

greentea disse...

vamos a isto, girassol...
gingko biloba para a memória é excelente mas estes exercicios são qualq coisa de muito diferente...
faço muita coisa indistintamente com a mão esquerda ou a direita mas nunca me lembro de pôr o rato à esquerda

vou fazer a diferença...bjs

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Obrigada. Ia hoje fazer esta pesquisa....excelente que tenhas abordado o assunto.
bjs

Girassol disse...

Um assunto muito interessante.
Confesso que nunca tinha ouvido falar do conceito, mas realmente faz todo o sentido.
Talvez ainda seja cedo demais para começar a seguir alguns destes conselhos, mas como a vida nos surpreende, hoje vou lavar os dentes com a mão esquerda. =)

Mais uma vez parabéns pela escolha do tema.

greentea disse...

já estive a experimentar com o rato à esquerda...
e ao longo do dia fui tentando alterrar as mãos
pode ser q surta efeito!

bjs

Girassol disse...

Bel
Greentea
Titá
Girassol
Parecem coisas estranhas, mas se calhar surtem efeito! Corajosas, hein??? Vou também tentar....!
Bjinhos

Um outro olhar disse...

vem de encontro ao que eu mais detesto
rotinas
faço sempre o possível para as quebrar

não sabia que tinha um nome tão estranho Neuróbica!!

engraçado, às vezes faço isso (lavar os dentes com a mão esquerda)


o relógio já o uso na direita (talvez porque tudo usa na esquerda e porque sou sincera nunca me deu jeito na mão esquerda)