25 abril, 2007

Onde estás, Liberdade?



E nasceu, como previ, o Adamastor do Medo!

Vejo-o nos olhos dos colegas de trabalho que ficaram, a par do silêncio dos que irão brevemente para casa.

Eu...enfrentei-o!
O pescador também...
Sem medo, revoltados, combativos, iremos sexta 27 a Lisboa a uma “manif”de funcionários públicos, principalmente do Ministério de Agricultura e Pescas, o primeiro a levar a machadada.

Não fui para a Mobilidade...
Não faço parte da lista dos Disponíveis...( para já...)
Mas estou SOLIDÁRIA com todos aqueles que perderam o seu trabalho, numa idade que provavelmente os mandará para casa, sem retorno.

Para mim vai ser a primeira vez que participo num acto de contestação em grupo, mas há sempre uma primeira vez para tudo, não é?
E lá iremos de autocarro e farnel, juntando-nos aos supranumerários de Aveiro, Coimbra, Leiria.

O que gostava?

- que a casa inteira tivesse a mesma força e menos medo...
- que a porta se fechasse e TODOS rumassem à capital para gritar bem alto:



NÃO TEMOS MEDO!

SOMOS LIVRES!

LUTAREMOS PELOS NOSSOS DIREITOS!



E já agora...
Com tantos poetas por aqui, não me arranjam uns versinhos sarcásticos, mordedores, para cantarmos pelo caminho "A Saia da Carolina" à boa moda portuguesa?????
Vá lá....dêem uma ajudinha....!!!!
Bjs

25 comentários:

Maria disse...

Eu faço minhas as tuas palavras, mas é tão difícil, Girassol...
Um dia destes postei Brecht, o poema em que foram levando uns e outros, e quando o levaram a ele já era tarde. Para avivar memórias.
Não sei se consegui..

Estou solidária contigo na solidariedade com os teus ccolegas.

Um abraço grande, grande...

mixtu disse...

força, dá-lhes...
liberdade, sempre...
estou farto da censura do "politicamente correcto" é qu eeu gosto de ser inconveniente, sou suficientemente esperto para o não ser, mas gosto de o ser...

no autocarro, na escola, eu cantava "oliveirinha da serra" e "resineiro é casado"

yayaya

ps. ouve lá, escolhe um monstro, senão vou enterrá-los e acaba para eles o 24 sem poderem ver o 25 de abril yayaya

abrazos

Kalinka disse...

Mais uma vez te visito, apesar de ter andado um pouco ausente.
Continuo a ADORAR LER-TE.

Ano de 2001 - 25 de Abril
Neste ano e neste dia, eu estava «presa» por outra razão... presa ao Amor/Paixão.
E, divagando, aqui te ofereço estas palavras:
Hoje queria,
Encher-te de rosas cor de pêssego,
Queria acordar-te
Com uma flor pelo corpo,
Queria hoje...
Hoje queria amar-te muito,
Queria hoje,
Porque...
O quero todos os dias.

Espero que passes um bom feriado.
Beijos e abraços.

Sobre o teu post:
Eu faço minhas as tuas palavras... Estou solidária contigo na defesa dos direitos dos teus colegas.

Maria disse...

Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

(Sophia de Mello Breyner Andresen)

Um beijo, com um cravo...

Margri disse...

Neste 25 de Abril, lembremos a Revolução de há 33 anos, mas lembremos também as muitas revoluções ainda por fazer.

Escreve e grita o que te vai na alma.
Quando há razão, pouco importa a rima.

Desejo-te muita força e confiança em melhores dias.

Um abraço com amizade.

Fuser disse...

Girassol

a liberdade estará onde nós quisermos que esteja.

assim ...é só ouvir. vem!

beijos

della-porther (fuser)

catarina disse...

OLá =) primeiro gostei do blog... hihi
Depois boa sorte e força para voçes todos...

Eu sinceramente acho que a liberdade somos nós que a fazemos. Pois acho que é uma palavra demasiado "forte" pra dizermos que somos livres...

Um beijinho =)

Margarida disse...

Olá Girassol
tive uma ideia para cantarem pelo caminho, esta:
"Eles comem tudo ,
eles comem tudo,
eles comem tudo e não deixam nada........."
boa jornada de luta, que somos livres de lutar, também somos,
não tenho palavras que cheguem.
bjs da avó guida

Aprendiz de Viajante disse...

Fico muito feliz com o teu regresso. É bom ter-te aqui para te ouvir falar das coisas boas e até das más.

Bom feriado para ti, neste dia de reanimar ideais que nunca devemos esquecer.

JL disse...

Então que não haja medo... e depois do bojador e das tormentas vem o cabo da boa esperança!!!

hfm disse...

Um beijo.

Teresa Durães disse...

hoje não tenho versos para te dar. ainda bem que lutaste pelos outros. é isso que tenho sentido falta neste país. a solidariedade.

Sei que és diferente e nem te conheço. Apenas te leio. Deixo-te imensos desejos de liberdade e confiança em ti

beijos

dulce disse...

Há que lutar e dar a cara pelo q achamos justo. Cada vez mais é preciso!
Beijos

margarida disse...

Força para amanhã Girasol. E que nunca a voz te doa.
A luta continua sempre.
bjhs.

Em busca da Verdade disse...

À liberdade sempre...
Sem medo das garras destes que nos atormentam
É urgente a união e a rebelião pacífica.
Toca a reunir e denunciar as atrocidades que estão a cometer sobre quem trabalha ...enquanto os prémios aos abutres proliferam.
Força na luta que se impõe!!!

Lmatta disse...

Tenho andado nao sei onde
e gostei de vir hoje aqui ao teu cantinho beijos

bettips disse...

Que lindo e bom, Girassol de alma grande! Estou contigo, não sou nada... mas estou ao lado de todos os que lutam pelo direito ao trabalho, à dignidade. Força amigos! O 25 de Abril é ainda para tudo isso, por mais que o torçam. Esse direito à liberdade ainda o temos! Abç

Teresa David disse...

Faz bem em vir até Lisboa. Sempre acreditei que se não nos unirmos na defesa dos nossos direitos e regalias ninguém, e mto menos o poder, o fará por nós. e mantêm-nos vivos a luta pelas causas, nossas e dos outros, quando as sentimos como justas.
Jã tenho novo história.
Bjs
TD

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Hoje, mais do que nunca revi-me em tuas palavras.
Beijinhos

Maria disse...

Amanhã a luta é aqui, em Lisboa.
Contigo ao nosso lado...
Solidariamente...

Beijos

sa.ra disse...

que tenham sido bons cantos! que sejam destemidos, sempre!

beijinhos!
dia muito feliz!

Messala disse...

Faz uma boa viagem, minha Amiga!

Fernanda disse...

Amiga
... nem sem que dizer...
apenas... que a união faz a força!

Beijinhos

Teresa Calcao disse...

Solidariedade.......Sempre!!!!!
Beijinho

Isabel-F. disse...

... acho que fazes muito bem ...


beijinhos e bom fim de semana