23 outubro, 2007

Por terras de África X

Sonhei com …
Paisagens deslumbrantes
Águas mornas e mansas
Sítios com memórias
Gentes com histórias.

Senti…
Nostalgia do passado
Emoções à flor da pele
Sensações já perdidas
Presenças invisíveis.

Colhi…
Alegrias benfazejas
Sabores olvidados
Flores de esperança
Afectos inesperados.

Vivi...
Momentos
Para não mais esquecer.
Escultura (aeroporto do Maputo)

14 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
sonhaste
sentiste
colheste
viveste
,
resumiste a viagem,
,
belo
*
xi
*

bettips disse...

Mulher de afectos, colheste-os. Mil abraços.

Teresa David disse...

Gosto imenso de escultura e pintura africana. Aliás, deverei uma das poucas pessoas que nunca foram a Africa, e, mesmo assim tenho paixão pela sua cultura e forma de se construirem socialmente. Privei bastante com pessoas vindas de lá ao longo da vida. Tenho algumas esculturas mto boas que me foram oferecendo ao longo da vida, devido a saberem da minha paixão por elas. Logo, escusado será dizer que adorei estas imagens.
Bjs
TD

Mocho Falante disse...

sabes que as esculturas e mascaras africanas sempre me assustaram um pouco...vamos lá saber porquê...agora o poema....é lindo

beijocas

Maria disse...

Que beleza de palavras.....
Acredito que não esqueças mais.....

Beijinhos, querida Girassol Grande!

Isabel-F. disse...

um belo poema o teu ...

que diz tudo.

parabéns por ele

beijinhos

Pitanga disse...

Enfim...lavaste a alma. E agora o "filme" vai te passar diversas vezes à cabeça.

beijos e feliz regresso.

aDesenhar disse...

belo poema a condizer com os bons momentos que passaste em África.
imagino como te sentes, porque uma passagem por terras africanas deixa marcas, que nunca desaparecem.
quem por lá passou sabe que é assim,
mesmo que, por pouco tempo.
deliciosos testemunhos que relataste nos teus posts.
:-)
bjs

Rodolfo N disse...

Precioso poema que me recuerda a uno que escribí hace tiempo en portugués.
Me encantó y más con tan bellas fotos.
Beijos!

PiresF disse...

O mesmo sentimento que encontro em todos que por lá passaram.
A saudade é com certeza culpada.

Abraço.

Fernanda e Poemas disse...

Olá girasol, um belo poema que reflete aquiloque pensas,
lindo.
Muitos beijinhos.
Fernandinha

Cordda disse...

Girassol


voltei...quanta saudade senti daqui.


cordda

Maria Clarinda disse...

Andar pelo teu cantinho foi um dos momentos mais deliciosos que encontrei para começar este dia! Obrigada por eles. As fotos mostram o meu Continente em todo o seu explendor! Jinhos

Girassol disse...

E expressaste de uma forma perfeita as sensações e emoçõesque se apoderaram de ti durante essa viagem...

Beijo.