13 dezembro, 2006

A solução...

É raro andar com stress, angustiada, ou qualquer coisa parecida...
Agora ando raivosa, revoltada.
O dragão venceu a flor e está à flor da pele...



A solução para esta crise chegou pela boca do MEC, Miguel Esteves Cardoso, de quem muito aprecio a escrita, o humor corrosivo, as saudosas crónicas.
Não tanto de o ver e ouvir na TV e as razões são simples:
- o visual deformado, irreconhecível, inchado...
- os ares de menino bem...
- os trejeitos com a boca, lançando a linguita, qual camaleão esfomeado...
- os palavrões, “sua imagem de marca”, que faz o favor de nos recordar amiúde...

E apesar de tudo isto...
Adoro ouvi-lo!

Falou de Portugal...
Dos Portugueses...
Levantou alto o nosso ego!!!!
Somos um pequeno país lindo, com muito sol, mar, pessoas simpáticas.
Ao contrário dos franceses e ingleses...
Gostei!

Temos de ser modestos.
Querer fazer coisas pequenas é a chave...
Deixemo-nos de grandes feitos e ambições, do tempo das descobertas!

Acertou na mouche...
Retratou-nos, despiu-nos...
Ficámos nús!

Inteligente o MEC, na sua bela casa com piscina no Estoril...
Já a Mãe lhe dizia
que era um menino de sorte por ter aquele privilégio, o mar defronte da casa.
Outros, se queriam o mesmo, tinham de pagar para o ter...

Mas, no meio de toda a entrevista, mais um monólogo, o MEC encontrou a solução para o meu problema...

- Leiam, portugueses, leiam...
Um livro é a melhor companhia!
Temos de saber viver connosco próprios e a leitura ensina-nos isso.
A passar tempo sozinhos, sem sentir solidão, etc,etc.

E pronto!
Resolvi seguir o seu conselho e peguei num livro.
Para me animar, acalmar, recolher.


Não é que o MEC tem mesmo razão????
Já me sinto melhor!!!!!



11 comentários:

Luisa disse...

Também ouvi parte da entrevista do MEC e se ele não tem razão em tudo, pelo menos anima-nos!!! Ler, leio bastante. Agora tenho entre mãos um livro da Agustina Bessa Luis. Sempre intrigante mas sempre interessante.
Já agora obrigada pela visita ao meu blog.

poetaeusou disse...

Reacção fictícia do "MEC"
Tenho o riso tão roto,tenho andado tão por baixo, que já não chego
com as mãos à cabeça, já nem o riso consigo remendar. As lágrimas lavam-me a cara quando me deito e me levanto. Rasga-me os lábios até às orelhas, cada vez que tento falar, para dizer aos outros que estou bem. Hoje vi-me ao espelho. Parecia um Palhaço assassinado com
uma faca. Até a vontade de me rir eu perdi.
(in)» Miguel Esteves Cardoso«

Girassol disse...

Luisa, lá isso é verdade!!!O meu livro é de viagens...

Poeta, esse não será o "gémeo mal disposto" dele????? Ë que o homem estava animadissimo!

Beijinhos

poetaeusou disse...

O British.
Estava na ressaca.
Dos Posts anteriores.
再見
poetaeusou(maotzetunguista)

Mocho Falante disse...

o MEC sempre no seu melhor não é?

ainda bem que ficaste melhor...

beijocas

dulce disse...

Não vi a entrevista. Onde foi? E gosto muito de o ler. Saiu um livro novo dele acho eu. Ainda tenho q ver se o compro para o Natal.
Beijocas

Maria disse...

Pois é. Mas o MEC às vezes chateia-me.
Porque tem a mania que a sua educação é muito British, porque tem outras manias, e porque acho que às o que diz não é o que pensa, mt menos o que sente...
Acho eu...

Poesia Portuguesa disse...

Bem... eu preferi ler-te a ti e escolher um poema que te "roubei". Espero que não te importes. Algum inconveniente diz, que o retirarei de imediato...

Também o ouvi,mas sabes...soou-me certas coisas a... falso... só para ele próprio se ouvir.

Gostei mais do teu poema. É mais sincero, mais transparente...

Um abraço carinhoso ;)

Menina_marota disse...

Concordo com a Poesia...

Um abraço e fica bem ;)

Girassol disse...

Mocho
Dulce
Maria
Marota

Faz-me bem a vossa companhia...
Quanto ao MEC...Lololol
Marota, rouba o que quiseres...

Beijinhos

Girassol disse...

Dulce, foi anteontem à noite, na RTP1, uma entrevista enoooorme...mas só ele é que falava! Não sabia que tinha saído um livro dele.
Bjs