17 dezembro, 2006

Incerteza...


Black Bird On Blue Background - Georges Braque


A incerteza cai com a tarde
no limite da praia. Um pássaro
apanhou-a, como se fosse
um peixe, e sobrevoa as dunas
levando-a no bico. O
seu desenho é nítido, sem
as sombras da dúvida ou
as manchas indecisas da
angústia. Termina com a
interrogação, os traços do fim,
o recorte branco de ondas
na maré baixa. Subo a estrofe
até apanhar esse pássaro
com o verso, prendo-o à frase,
para que as suas asas deixem
de bater e o bico se abra. Então,
a incerteza cai-me na página, e
arrasta-se pelo poema, até
me escorrer pelos dedos para
dentro da própria alma.

CREPUSCULAR - Nuno Júdice

20 comentários:

poetaeusou disse...

Não há Incertezas, nem Certezas, nem !...?

Podíamos saber um pouco mais
da vida. Talvez não precisássemos de viver
tanto, quando só o que é preciso é saber que temos de viver.
in) Nuno Judice - PRINCIPIOS
poetaeusou(semnemnemsem)

Bazuca disse...

... a palavra é um instrumento precioso que nem sempre utilizamos em toda a sua plenitude, como acontece neste apontamento de Nuno Judice. Felicito quem o soube escrever e tambem quem o descobriu para nos transmitir, Sunflower!
obrigada e bjs

Leticia Gabian disse...

Incerteza, dúvida, angústia.....o contrário disso tudo é uma certeza que bem pode ser paralizante. Às vezes, é a incerteza quem nos impulsiona o caminhar.

Beijo grande, Flor Maior.

pitanga disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
pitanga disse...

A incerteza nos instiga, mas quando alcançamos a nossa verdade ...é delicioso.
beijos querida Girassol e beijinhos também a essa bahiana que me persegue...hehehe
Ah, obrigada pela música, é uma das minhas favoritas de Natal

non disse...

Gostomuito de Nuno Júdice.

Coincidência antes de vir aqui estive a ouvir esta musica...

:)

Bjs

.*.Magia.*. disse...

Seria a pomba da Paz?
ou apenas um gaivota que se enleou nas letras do céu?
Talvez fosse uma mulher...!

Cheers

greentea disse...

tenho girassóis , no meu canto!!!
vai buscar um para ti...

Caracolinha disse...

Aqui vem a molusca desaparecida pousar ns pétalas do girassol ... :)

Olá minha querida ... que bom entrar no teu espacinho e ser recebida com estas palavras tão genialmente comoventes ... :)

Gosto da decoração natalícia gosto ... beijinhos encaracolados e abraço apertado da molusca desaparecida :)

Ana Patudos disse...

Gostei das palavras e dos pássaros, muito bonitos.
Quase de partida amiga?
Tenho estado um pouco ausente pois tenho estado doente.
Agora um pouco melhor passei aqui para te dar um um bjo e desejar boa noite.
Ana Paula

bettips disse...

A certeza agora é ir Feliz, para a felicidade do Oriente. Bjinho

adesenhar disse...

d:-)

bjs

Rute disse...

A incerteza faz parte da nossa vida mas nem sempre é fácil lidar com ela.

Beijinhos

Luisa disse...

Tudo em suspenso como a poesia e o quadro!

Cristina disse...

............♥
...........***
..........*****
.........*Feliz*
........*********
......************
.....******Natal****
....****************
...******************
..********************
..........****
..........****
..........****

Um feliz Natal para ti, e para todos que te são queridos,
Um beijinhu sincero :) :)

Rodolfo N disse...

SIN CERTEZAS, UMA BELEZA
FELIZ NAVIDAD!!!!

Maria disse...

BOA VIAGEM, GIRASSOL!

E um beijo! (dois, um para o pescador/caçador)

Maria disse...

Outro para a tua neta!

Teresa Durães disse...

"I feel in my pocket
I feel in my sould
Cristman is around us
come on let it snow"

aprendiz de viajante disse...

A incerteza leva à indecisão... e
"Quem vive na indecisão é um viajante na bruma; encontra fadica em vão, sem chegar a parte alguma".

Sebastião Lasneau



Um grande bjinho para ti e FELIZ NATAL!