28 dezembro, 2006

Macau e Saudade


Vista de Macau - Luis Luciano Demée -1953


Povo quente à solta pelas ruas
num imenso bailado circular
onde se cruzam vento
se murmúrios de histórias antigas

redondas e antigas
estas ilhas dos mares do sul da china
de ouro jade e tinta sobre papel de arroz

e as ilhas navegam e permanecem

descobrem-se e amam-se
- - -
há símbolos desenhados nas paredes
do templo de Kun Iam
que falam de Deus

os sacerdotes que lá dentro
ajoelham a fé
murmurando as palavras da Vida
são também eles
um símbolo

quem ali vai
alimentar o espírito e acender a chama
completa o triângulo eterno

Homem Corpo Espírito
símbolos antiquíssimos

António Cardoso Pinto


Quero dedicar este post ao poeta António Cardoso Pinto, que conhece Macau e sofre ainda com os seus encantos, com um sentimento bem português: saudade!
Comentou desta forma poética o primero post de Macau e eu não quis deixar de partilhar convosco e agradecer-lhe esta gentileza.

16 comentários:

poetaeusou disse...

EXTRACTO DE:
Di Sám Paulo, dêce vai Jardim
Co nómi di Camões esquivido.
Porta-Cérco sã têm na fim-fim,
Co su portám di fero erguido.
Lugar janota, desdi qui ora,
Aqui China, ali Portugal,
Macau champorado já vêm fora
Unga jardim qui nom-têm igual.
Tera di fé qui têm coraçám,
Têm alma, inchido de beléza,
Sã Macau! Nôsso bérço cristám,
Di Portugal chistosa princésa.
Adé dos Santos Ferreira. em “Macau di tempo antigo”
poetaeusou(saudoso)

Girassol disse...

Olá Poeta!Também esteve em Macau???
Tenho esse livro, oferta do Dia das Mães,aqui mesmo...Lindo!
Obrigada!
Abraço

adesenhar disse...

quando o bichinho da saudade aperta é assim e resulta numa bela e sentida homenagem.

:-)

esquisso:gostava de saber se o sidebar do meu blog é visível do lado esquerdo, já que fiz umas alterações.

aprendiz de viajante disse...

Passei para desejar umas boas entradas em 2007- Que os teus sonhos mais queridos se realizem!


Um bjinho

Mocho Falante disse...

olá olá...vim deixar-te a última beijoca de 2006 e desejar-te um excelente 2007 cheio de coisas boas com muita alegria e que por aqui continues a deliciar-nos com os teus posts

beijocas

sa.ra disse...

olá querida Girassol!

vim desejar-te um Ano Novo muito feliz!

luminoso como o Sol!

beijo

Blogue da Magui disse...

Que bela viagem !Macau trás um mistério para nós que estamos do outro lado do palaneta e sabemos dela porque foi colonizada por portugueses. Ainda falam português por aí?Pode ser que vc não tenha gostado dos prédios dos cassinos mas eu achei interessantes.Percebe-se que eles copiam Las Vegas mesmo.Esse que aprece um troféu é uma coisa ....
BOAS FESTAS e felicidade para todos os seus!!!

Daniela Mann disse...

______0___o__o__o0_0__o_o__0
_____0___o__o_o__0_0__o___o__0
____0_o___o___o__0_0___o___o__0
____00o0000o00o0o0_0o00o00oo0oo0
___o00o0o00000o000_00o0o00o0o00o0
___00000o000o000o0_000o000o0000o0
___0o00oo00o0o00o0__0000o0o0o00o00
___0o0o00000o00o0___000o0o0o0o0o00
____0o0o0000o0o0_____000o0o00o00o0
_____0000o0000________ 00o000o000
______0000000___________0000000
________00__________________00
_______00____________________00
______00______________________00
_____00_______TIM_TIM__________00
____00___FELIZ 2007______ _____ ___00
_000000________________________000000

hfm disse...

O António bem merece esta homenagem; a sua poesia tem a sensibilidade dos que sabem olhar e sentir.

Isabel-F. disse...

Para ti, um Ano Novo muito feliz, cheio de venturas, de saúde, junto das pessoas que amas.
Um beijo meu, e o meu carinho,
Isabel Filipe

Leticia Gabian disse...

Uma justa homenagem a uma bela poesia escrita com o coração.

Grande beijo pra ti, Flor Maior e para o Poeta Antonio Cardoso Pinto.

pitanga disse...

BRILHA GIRASSOL!
FELIZ ANO NOVO! BEIJOS DA PITANGA.

Teresa Durães disse...

Olá girassol

venho desejar-te um bom ano para ti e para os teus

um beijo

Teresa Calcao disse...

Happy New Year!
Kisses,

serenidade disse...

Desejo que em 2007 tenhas muito Amor para dar e receber... tudo o resto virá por acréscimo...

Um beijinho de uma intensa e serena Luz, para que 2007 seja um dos muitos anos iluminados.

o alquimista disse...

Após em interegno obrigatório chego na saudade e deixo-te um sortilégio para iluminar o caminho até ao Alquimista onde te espero com ternura...

Mágico beijo