04 abril, 2008

Ainda aqui estou!

Meus queridos amigos, tenho andado super-ocupada, estafada...
Chego a casa, estendo-me no sofá e pouco depois adormeço...
Querem mesmo "matar a velhinha"!!!!

Daí o meu afastamento dos vossos blogues e a inactividade deste girassol...
Tenho-me esquecido da máquina fotográfica nas minhas deambulações profissionais, o que me leva a ficar furiosa com as belas imagens que perdi para vos mostrar!
O campo é lindo, o ar é mais puro, os produtores visitados uma simpatia...

A viatura é um clássico, com ventilação forçada, ruídos a servir de música, ferrugem por aqui e por ali, mas vai servindo para nos ajudar a executar as tarefas semanais.
Entre risos e brejeirices, a minha companheira de equipa vai guiando com destreza e atenção...


Costuma dizer que tem um anjinho da guarda a levar-nos aos lugares certos, sem grandes dificuldades, apesar da nossa ignorância na questão das vias de comunicação, umas novas e outras já esquecidas no tempo...


Eu digo mais: temos dois!!!!!



Não paramos para almoçar em restaurantes: uma sandoca, sumos, iogurte, fruta, em piquenique gostosamente apreciado!



Só não gosto dos dias passados "indoor"....
Um suplício!

Beijinhos da flor!

16 comentários:

hfm disse...

Outros para ti!

Maria disse...

Imagino esse trabalho com piquenique à mistura... ao ar livre, respirando a natureza!
Pois, "indoor" há muito poluição, hehehehehe

Beijinhos, Flor

JOANINHA disse...

Não sei se te lembras que quando ainda pertencíamos á Direcção Geral dos Serviços Agrícolas se dizia :-"Se queres conhecer Portugal inscreve-te na Direcção Geral"...Pois é , e ainda dizem que a malta não trabalha! Passei por tudo isto, a trabalhar por este país fora desde 1971. Com "AMIS" , 4L ,WVagen carocha, Talbot..enfim "espadas" e "aceleras" da última moda!!! A minha coluna ainda hoje se queixa desses maus tratos ,que em nova eram "canja",mas que aos 62 se tornaram suplício... A minha SANTA REFORMA evitou maior desgaste a nível físico,e pior que isso a nível psicológico,que era o que ultimamente mais me entritecia...eu que sempre fui para o emprego bem disposta ,chorei no final da minha vida profissional , período que quero esquecer para sempre! MALVADOS!!! Penso que ninguém merece ser tratado assim ,e não preciso de explicar, porque infelizmente sabes bem a que me refiro. A tua libertação chegará em breve e a do Fernando já se avizinha. Sinto que apesar desse cansaço todo ,estás mais feliz com esse trabalho e livre das cobras venenosas...por mais algum tempo! Que a saúde não te falte ! Isso é o mais importante na nossa vida. BEIJOS e ABRAÇOS

Guidinha Pinto disse...

Tal como a Joaninha disse, a saúde física e mental tem forçosamente de manter-se até chegar aquele dia. Mas fico deveras feliz (a sério) por senti-la muito mais liberta, muito menos *azeda* com a vida. Se as suas actuais tarefas são como descreve ... menina girassol continue assim, leve e fresca. Ninguém merece trabalhar para ser infeliz. Melhores dias nos esperam. Penso eu de que ;-)
Beijo e bom fim de semana.

Guhn disse...

SECURITY CENTER: See Please Here

Vanda disse...

Girassolinha,


Nada de olhar para trás :) Sempre com olhos no sol, o caminho se faz caminhando :)


O mais importante são os nossos objectivos pessoais, os nossos amores e os nossos tesouros!

Que sortuda a fazer piqueniques por esses campos fora! :)


E entre partidas e regressos cá estou, deixo-te um beijo e votos de um GRANDE fim de semana!

Beijos muitos

pb disse...

De facto os dias indoor são mesmo uma xatisse, pela minha parte, confesso uma pontinha de inveja desse teu trabalho que te leva algumas vezes outdoor !! beijinho

Teresa Durães disse...

quase que ando na messa

poetaeusou . . . disse...

*
quem é o tbrygota ?
a assinatura dos anjinhos ?
,
conchinhas,
,
*

aDesenhar disse...

:-)
desejos de
boas viagens
e bons piqueniques
:-)

Luis Eme disse...

que maravilha...

não há nada como os ares do campo, e um piquenique, num lugar delicioso, bate tantos restaurantes...

abraço "Girassol'a"

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá, linda descrição do teu trabalho... Primeiro está a saúde e depois então, escrever aos amigos...
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Teresa Durães disse...

a deixar um beijo

della-porther disse...

girassol

hehehhe!!!!!!


beijos
della

Pitanga Doce disse...

Nem tudo muda pra pior. Até te divertes. É ou não é?

beijos e vai aparecendo e NÃO TE ESQUEÇAS DA MÁQUINA!!!

Barqueira disse...

Olá florzinha. Não te preocupes. A velhinha de Lisboa está na mesma. Já nem aguenta o ladrar da própria cadelinha amiga, quando chega a casa.

Fica bem e tenta descansar.

Bjinhos.